X
Aquidauana

Menina torturada durante ritual em Aquidauana segue internada na Capital

Vítima estava com problemas de constipação

Foto: Diário Digital/Divulgação

Segue internada na Santa Casa de Campo Grande a menina de três anos vítima de tortura durante ritual de cura em Aquidauana. Por conta de uma constipação, a menina chegou a ser queimada com tijolo quente no ritual.

A vítima foi submetida a cirurgia para tratar a constipação e os ferimentos causados pela introdução de um palito no corpo dela, na tentativa de aliviar os sintomas.

Os fatos vieram à tona no dia 6 de janeiro, quando a vítima já estava há 10 dias com o problema de saúde. Após denúncia de que a criança havia sido levada para atendimento médico em unidade de saúde em Taunay, com ferimentos nas partes íntimas, a mãe relatou possível estupro.

Os policiais então foram ao encontro do padrasto, acusado de ter supostamente abusado da menina. No entanto, ele negou os fatos e explicou que a criança estava com constipação e que foi submetida a um ritual de cura e a mãe, inclusive, teria introduzido o palito nela.

Diante dos fatos, a mãe chegou a ser presa, mas responde em liberdade. Ela também pode ser responsabilizada por falsa denunciação de crime. A criança foi resgatada e segue sob cuidados médicos.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

Mercado financeiro espera por manutenção da taxa de juros nesta semana

Previsão é índice em 10,5% ao ano, diz Banco Central

Atenção

Quem se inscreveu no Enem 2024 tem até quarta-feira para pagar taxa

Provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo