X
Covid-19

MS intensifica vacinação de indígenas em Miranda, Aquidauana e região

Ação é realizada entre o Estado e o Distrito Sanitário Especial Indígena

Mato Grosso do Sul, por meio de um trabalho de parceria entre o Estado, municípios e o Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI), já imunizou 18.058 indígenas contra a Covid-19 nos 30 municípios que têm aldeias. Esse número representa 39,1% do total imunizável nesta comunidade, considerada prioritária por causa da sua maior vulnerabilidade frente a esta doença.

De acordo com números divulgados pelo DSEI de Mato Grosso do Sul nesta sexta-feira (29), nos 14 polos-base coordenados pelo Distrito no Estado, as imunizações da comunidade indígena variam de 13,3% (nos municípios de Maracaju e Porto Murtinho) a 79,1% (em Brasilândia e Corumbá).

“Parabenizamos as equipes do DSEI, coordenadas pelo coronel Joe Jaccenti Júnior, bem como dos municípios, com o apoio de prefeitos e prefeitas, secretários e secretárias municipais de saúde, além de técnicos da Secretaria Estadual de Saúde que não estão medindo esforços, alguns até tendo que desatolar os veículos que transportam as vacinas, por causa das chuvas que caem nas aldeias de nosso Estado”, salientou o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende.

Em números absolutos, o município que vacinou o maior número de indígenas foi Dourados: 3.003, de um total de 9.727 vacináveis. Na sequência, vem Miranda, com 2.405 imunizados, de um universo prioritário composto por 5.687 pessoas. Em terceiro lugar, aparece Amambai: 2.167 moradores nas aldeias já receberam o imunizante, do total previsto de 5.713 imunizáveis.

Municípios

O DSEI em Mato Grosso do Sul coordena os polos-base de Antonio João (Municípios de Antonio João, Bela Vista e Ponta Porã); Brasilândia (Brasilândia); Corumbá (Corumbá); Bonito (Maracaju e Porto Murtinho); Amambai (Amambai, Aral Moreira e Coronel Sapucaia); Caarapó (Caarapó, Juti e Laguna Carapã); Paranhos (Paranhos); Tacuru (Tacuru); Bodoquena (Porto Murtinho); Iguatemi (Eldorado, Iguatemi, Japorã e Sete Quedas), Sidrolândia (Dois Irmãos do Buriti e Sidrolândia); Dourados (Douradina, Dourados, Maracaju e Rio Brilhante), Aquidauana (Anastácio, Aquidauana e Nioaque); e Miranda (somente o município de Miranda).

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Serviços

Treinamento qualifica Bombeiros para atuar em combate de florestais

O treinamento dos alunos soldados teve início em janeiro deste ano

Rio Grande do Sul

Enchentes no RS causaram prejuízos de R$ 3,32 bilhões ao varejo

Impacto das enchentes no estado é devastador, diz CNC

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo