X
Brasil

Prefeitura de Maceió vai vistoriar casas no Flexais

Região está cercada por bairros ameaçados de afundamento do solo

Famílias serão realocadas / Cibele Tenório/Agência Brasil

Moradores da região do Flexais, vizinha à área de extração de sal-gema, em Maceió, devem ter as casas vistoriadas para identificar riscos em consequência da mineração pela petroquímica Braskem.

Após uma manifestação nesta sexta-feira (1º), com bloqueio de via, lideranças da área foram recebidas pela prefeitura. Eles querem ser incluídos no programa de realocação e serem indenizados pela Braskem.

A assessoria de imprensa da prefeitura informou que a próxima reunião deve ocorrer no dia 11 de dezembro, quando serão definidos os próximos passos.

O líder comunitário Mauricio Sarmento participou da reunião e afirmou que foi positiva. Os moradores aguardam que o pleito por realocação seja atendido, já que a região estaria também em risco eminente.

Apesar de não constar entre as regiões de risco de afundamento pelas autoridades do estado, o Flexais está ilhado socialmente após o deslocamento de cinco bairros vizinhos desde 2019. Só é possível acessá-lo passando pelas regiões agora desertas após a remoção da população.

A Braskem informou que segue o mapa de linhas prioritárias de realocação das famílias, conforme definição da Defesa Civil.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Segurança e Cidadania vai a Paranhos para atender mais de 6 mil indígenas

Ação acontece no fim de semana

Música

Henrique e Diego se apresentam no festival de Pesca em Corumbá

Show acontece no dia 16 de março

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo