26 de junho de 2022
Anuncie Aqui
Mariana Thomé

Gestão trabalhista: uma ótima maneira de reduzir despesas e otimizar lucros

Mariana Thomé
8 FEV 2021 - 08h33min

Gestão trabalhista nada mais é do que a utilização de recusos a fim de potencializar o capital humano e econômico voltados à área trabalhista da empresa. Toda companhia que almeja crescer e explorar o seu potencial de vendas deve possuí-la.

Essa gestão considera fatores atrelados à dinâmica laboral como: análise do quadro de pessoal, cumprimento das normas trabalhistas, incentivos aos colaboradores em desenvolver/estimular as suas habilidades, gestão de riscos e análise de eventuais ilegalidades. Trata-se de uma ferramenta capaz de organizar a empresa a ponto de alavancar a sua potencialidade.

Por meio dessa gestão, a companhia consegue viabilizar os lucros e reduzir, consideravelmente, o seu passivo trabalhista. O gestor, que deve ser uma pessoa qualificada, auxilia na elaboração de planos e metas a serem alcançados com o menor impacto possível no orçamento da empresa. Procedimentos e monitoramento são criados para esse fim.

Alguns dos procedimentos que podem ser realizados pela empresa são: procedimentos de gestão de desempenho dos colaboradores; de políticas contra o assédio moral e sexual; de plano de cargos e salários; de desenvolvimento profissional; de capacitação; de treinamento; de admissão e demissão de pessoal; de análise das folhas de pagamentos, da jornada de trabalho dos colaboradores e de seu desligamento; e gestão dos benefícios recebidos por eles. Esses procedimentos fazem parte de uma rotina trabalhista empresarial que têm por fim amenizar e prevenir os riscos de passivos trabalhistas.

Muitas vezes os custos envolvidos em ações trabalhistas são maiores que o pagamento correto das verbas laborais e o cumprimento de todos os seus encargos. As empresas devem ter em mente que amenizar e prevenir os débitos trabalhistas é uma maneira inteligente de gerir os seus lucros.

Recentemente o Mc’Donalds foi condenado a pagar R$ 20 mil reais pela prática de assédio moral.  Uma empresa de ônibus foi condenada a pagar R$ 75 mil por danos morais coletivos por não contratar pessoas com deficiência e reabilitadas em número suficiente.  Caso essas empresas contassem com uma boa gestão trabalhista, esses passivos poderiam ter sido evitados e esse montante poderia ter sido investido nas atividades da empresa, perfazendo mais lucros e maior crescimento.

Há, claro, aquelas empresas que estão dispostas a assumir o risco de eventuais passivos trabalhistas. Essa é a realidade de parte das micro e pequenas empresas. Então por qual razão elas deveriam investir em uma gestão trabalhista? A resposta é simples: uma boa gestão trabalhista encurta o caminho do sucesso. A gestão trabalhista atua de maneira preventiva e faz com que a empresa cresça e administre os seus lucros de forma mais eficaz.

 

 

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Homem espanca esposa e mulher é socorrida por populares em Anastácio

2
Entrevistas

Sem filhos, Gabriel Sater e esposa compartilham amor por pets

3
Aquidauana

De atendente de bar a campeiro: Casa do Trabalhador oferece vagas de trabalho hoje

4
Policial

Motorista bêbado é preso no bairro Alto

Informe Publicitário

Informe Publicitário

Atlântico Supermercados presenteia clientes com sorteio de Fusca e muitas ofertas

Previsão do Tempo

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,00m
Miranda
2,06m
Paraguai
2,46m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Sem...

Raquel Anderson

Poema de Despedida

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"6º ENCONTRO DAS RELÍQUIAS"

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Pousadas

Pousada Recanto das Emas

Estrada da Barra Mansa, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-6180 / 998
Escolas Municipais

Escola Municipal Pólo Pantaneira

Fazenda Taboco, Fazenda Taboco - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Bares/Panificadoras/Lanchonetes

Conveniência Millênium

Rua Sete de Setembro, s/n Guanandy - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-6346 / 840
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo