Faça...

17/10/2021 04:28:00


Faça...

Uma viagem ao mundo interior...
Analisando revisando alguns... Conceitos!
Entendendo binômio... “Justo perfeito!”
Às vezes, provocando susto... “Pavor!”
Do próprio interesse... “Defensor!”
Na realidade, acreditar, mora... Perigo!
Muitos, defendendo seu próprio... “Umbigo!”
Assim, vendendo, uma falsa... Imagem!
Usando como escudo, bagagem...
Diria o profano... “Da desgraça berço, abrigo!”


Observe a dupla: “Cuidado, cautela!”
Formam um par reflexivo...  “Interessante!”
Têm muitos aproveitadores... “Farsantes!”
Usando, pra ficar bonito na... “Tela!”
Na realidade, um bravateiro... “Tagarela!”
Sem noção, deselegante... Topetudo!
Que autovincula-se, à... “Pode tudo!”
Por conseguinte, cometendo... “Atrocidades!”
Fake news, mentiras, destorcendo, verdades...
Porém, escondido, atrás, cajado... “Escudo!”


O dito: “Levando gato por lebre...”
Está em voga, plena... “Evidência!”
Personificando...  “Deselegância, incompetência!”
Gesto Arminha, hipnotizou, viralizou... “Febre!”
Nos templos, palacetes, casebres...
Virando moda gestual... “Populismo!”
Sem nenhuma cerimônia, apenas... “Cinismo!”
Uma escancarada, inversão... “Valores!”
Líderes religiosos, pseudos, formadores...
Consequência, estamos à beira... “Abismo!”


Os famosos, vendedores de ilusões...
Aproveitadores, cobrando, alto... “Preço!”
O pobre, perdendo dignidade... “Endereço!”
Sem casa, abrigos, marquises... “Grotões!”
Alimento-se de restos, migalhas... “Lixões!”
Tudo subindo, acompanhando... “Gasolina!”
Dólar, dos olhos do ministro... “Menina!”
Tragédia, que a nada... “Compara!”  
Essa ferida, em vinte e dois, cicatriza, sara...
Nove dedos, voltará, acendeu... “Bina!”

Poema: Valdemir Gomes dos Santos 17/10/2021

 

 

 

 

 

 

 

 


Valdemir Gomes - Valdemir Gomes