X
Corumbá

Festival internacional de dança contemporânea chega em MS nesta semana

Pela primeira vez em Corumbá, o Dança em Trânsito fará seis espetáculos gratuitos

Fernanda Valóis

O festival internacional de dança contemporânea, Dança em Trânsito, chega pela primeira vez a Corumbá, para apresentar, nos dias 24 e 25 de agosto, com seis espetáculos de companhias nacionais e internacionais em uma programação totalmente gratuita.

No primeiro dia de apresentações, a programação será iniciada às 16h, no Instituto Moinho Cultural Sul-Americano, com ROTAS PLURAL, resultado da residência coreográfica de criação a partir do intercâmbio entre a dança contemporânea e estilos musicais populares do Brasil. Na sequência, será apresentado o espetáculo Adapta-bilidade, da Nimo Cia de Dança, que faz um chamado ao público.

“Livre-se da visão de mundo que a sociedade lhe impõe, veja! Observe! Reconheça e valorize as pessoas pela maneira com que elas tratam as outras pessoas e não pelo seu cargo, cor e gênero”, declara o diretor Gleidson Vigne. Ele destaca que a habilidade em se adaptar nos dias atuais é fundamental e isso não é diferente na dança, um corpo hábil é aquele que consegue se adaptar às diferentes qualidades e maneiras de cada criador. Logo após, a primeira noite se encerra a apresentação do resultado da residência de criação ministrada pelo coreógrafo e bailarino espanhol Kiko López.

No dia 25, as apresentações do Dança em Trânsito serão abertas às 16h com o espetáculo Ekesa-Sanko, da Cia Corpus Entre Mundos, de Brasília. Em cena, o bailarino e coreógrafo angolano Dilo Paulo conta a história de um herói que esqueceu o seu passado e começa uma jornada para não se perder de si mesmo. Em seguida no Instituto Moinho Cultural Sul-Americano, Kiko López apresenta W.I.W.B.A.K.,

Encerrando a programação do Dança em Trânsito no Mato Grosso do Sul, será apresentado do espetáculo Café não é só uma xícara, do Grupo Tápias – companhia franco-brasileira associada ao Espaço Tápias. Com coreografia e direção artística de Flávia Tápias, o trabalho coloca em cena sentimentos e sensações associados à pesquisa realizada sobre o café, uma bebida tão presente na vida dos brasileiros, que evoca tradições, crenças, espiritualidade.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 56 milhões

O sorteio será realizado às 20h, no horário de Brasília

Trânsito

Carro capota após bater em viatura da PC em Bonito

Motorista teria furado preferencial

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo