X
Policial

Polícia Civil prende em flagrante estelionatário em Corumbá

O autor repassou à vítima documentos falsificados da venda do terreno

3e8fdc8f 7b6e 4756 bfd1 e5000a0a1f30 e1715976924410

A Polícia Civil, por intermédio da 1ª Delegacia de Corumbá, prendeu em flagrante na última quinta-feira (16), R.F.O. (32), pelo crime de estelionato e resistência, em Corumbá. O preso é apontado como autor de 40 ocorrências policiais. Além de dezenas passagens pelos crimes de estelionato, o suspeito possui passagens pelo crime de roubo, ameaça, tráfico de drogas e outros.

A vítima compareceu na delegacia para comunicar que teria negociado um terreno anunciado no facebook. Ela teria se encontrado com o autor, que mostrou o terreno, e fecharam negócio, pagando por meio de PIX o valor de R$ 3.000,00 e dado um moto no valor de R$ 12.000,00. Além disso, ainda pagaria o valor de R$ 10.000,00 após a transferência do terreno.

O autor repassou à vítima documentos falsificados da venda do terreno, se passando por outra pessoa. Após isso, ela foi até o CAC (Central de Atendimento ao Cidadão) do município de Corumbá para fazer as transferências e lá descobriu que a matrícula informada no documento e o CPF do vendedor era inexistente.

Ciente que havia caído em um golpe, foi até a delegacia para registrar ocorrências. Após repassar as características do autor, equipe de investigação da Seção de Investigações Gerais (SIG), conseguiu identificar o suspeito.

Durante a entrevista com a vítima, o homem continuava mandado mensagens para vítima, para que ela pagasse os R$ 10.000,00 que estariam faltando. Dessa forma, continuando em estado flagrancial, a equipe policial se dirigiu até o endereço dele, e visualizaram por meio de um buraco no portão, que a moto e o autor estavam na residência.

Os policiais foram recebidos na casa pela esposa do autor, que tentou impedir a entrada dos policiais na casa. Porém, diante do estado flagrancial, foi realizada a entrada forçada e o indivíduo foi preso em flagrante.

Durante a prisão, ainda, após ter recebido ordem de prisão, o autor resistiu de forma violenta, até que foi imobilizado, e preso, também, pelo crime de desobediência e resistência. O crime de estelionato possui pena máxima de prisão de 5 anos, já os crimes de resistência e desobediência possuem pena máxima de 2 anos e de 6 meses, respectivamente.

ALERTA

A Polícia Civil alerta a população sobre os riscos de negociações com pessoas desconhecidas e, principalmente, por meio de redes sociais.

Criminosos utiliza-se de redes sociais, em especial o facebook, para fazer anúncios falsos e captar vítimas para sua empreitada criminosa.

Sempre desconfiem de anúncios com preços atrativos, evitem negociar por meio do facebook e jamais realizem pagamentos sem conhecer a total procedência do produto e do vendedor. E, em caso de dúvida, procure a Polícia Civil.

Denúncias para a Polícia Civil de Corumbá, podem ser encaminhadas para o telefone/WhatsApp (67) 3234-7111.

*As informações são do site da Polícia Civilde Mato Grosso do Sul

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Não é só gotinha: entenda como funciona a vacinação contra a pólio

Atualmente, as três primeiras doses da vacina são injetáveis

Policial

PRF inaugura nova Unidade Operacional em Ribas do Rio Pardo

A estrutura possui, além das salas e equipamentos necessários para a atividade policial, uma sala de integração para operações com outras instituições

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo