X
Dois Irmãos do Buriti

Em Dois Irmãos, grande festa marca os 40 anos da Coeso

Evento contou com a presença de mais de 400 pessoas entre colaboradores, cooperados e representantes políticos

Evento reuniu mais de 400 pessoas entre associados, colaboradoes e lideranças políticas da região / Thiago Reis e Luciano Justiniano

Mais de 400 pessoas participaram da festa de 40 anos da Cooperativa de energização e desenvolvimento rural do sudoeste sul-mato-grossense, Coeso. O evento foi realizado no sábado, dia 19, no Salão Paroquial de Dois Irmãos do Buriti.

Aos 90 anos, Tsuneyoshi Sassaya, um dos idealizadores dessa cooperativa, explica que a ideia surgiu porque naquela época não havia energia elétrica no campo. Os agricultores, camponeses, as pessoas que morava na zona rural só tinha luz com lamparina, não havia energia elétrica. Os estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerias estavam bem adiantados que nós. Eu Fazia parte do Conselho de Desenvolvimento de Dois Irmãos do Buriti e tinha muita necessidade que essa energia elétrica chegasse ao campo,” relembra.

Mesmo o governo naquela época alegando que o Estado não havia recurso, o grupo, que tinham cerca de 50 pessoas, não desistiu do sonho. “Conseguimos criar a cooperativa em 2 de abril de 1978. Começamos a trabalhar para trazer essa energia para produtor rural. E graças a Deus cresceu, cumpriu seus objetivos e chegamos aos 40 anos ”, comemora.

Milton da Costa, primeiro presidente da cooperativa, conta como foram os desafios iniciais. “Naquela época não havia ainda a cidade de Dois Irmãos do Buriti, havia a colônia japonesa Cascavel. O município foi criado, ganhou este nome e cresceu junto com a Coeso. Fizemos diversas reuniões, falamos com o governador e chegamos até Brasília para conquistar nosso objetivo”.

Presidente e gerente geral da Coeso, Edson Matos e Sebastião Aparecido com familiares e colaboradores da Coeso

Representante na Assembleia da região, o deputado estadual Felipe Orro, falou da competência e da credibilidade da Coeso. “É uma cooperativa que dá muito orgulho a nossa região e se fortalece cada vez mais dando um bom atendimento, tendo um quadro de funcionários capacitados que atende de forma eficiente o pequeno, o médio e o grande produtor rural”.

Já o prefeito de Dois Irmãos do Buriti, Edilson Zandona de Souza, aponta que a cooperativa contribui não só para o seu município, mas para outras regiões do Estado.

“Coeso é uma empresa sólida, coerente, confiável não só aqui em Dois Irmãos do Buriti,em Aquidauana, Anastácio, Dois Irmãos do Buriti, Aquidauana, Sidrolândia e Terenos”.

Citando a cooperativa como uma gestão de sucesso, o prefeito de Aquidauana, Odilon Ribeiro, lembra o desenvolvimento econômico que ela leva ao seu município.

“A Coeso é mais um caso de cooperativa que deu certo aos seus associados. É uma das maiores do interior do Estado de Mato Grosso do Sul e que gera muito emprego na minha cidade, além de prestar um excelente serviço não só aos cooperados, mas ao município também.

O Atual presidente da Coeso, Edson Matos relembra da sua caminhada e fala dos novos desafios. “Nada acontece por acaso. Eu participo da Coeso desde 2002. Venho trabalhando para melhorar ainda mais o atendimento dos nossos cooperados, sempre focando na capacitação dos nossos colaboradores, melhorar os equipamentos . E os desafios para o futuro é a energia limpa. Que nossos cooperados possam ter maior rentabilidade e menor custo nas energia , além da renovação da frota”.

História

A falta de energia elétrica na zona rural fez com que cerca de cinquenta e quatro pessoas físicas se organizassem a fim de lutar pelo desenvolvimento no campo. O bloco contavacom um grupo de sessenta e cinco famílias de japoneses (moradoras da colônia cascavel, hoje município de Dois Irmãos do Buriti), que já possuíam certa organização, através de uma associação denominada associação nipo.

Na época as distâncias das redes de energia eram enormes e não havia nenhum interesse da concessionária em levar energia ao meio rural, em função do alto custo de construção e pela perspectiva de um retorno lento do investimento. Para tanto essas pessoas criaram a coeso, que tinha como objetivo eletrificar o maior número possível de propriedades rurais.

A COESO – Cooperativa de energização e desenvolvimento rural do sudoeste sul-mato-grossense, foi fundada no dia 02 de abril de de 1978.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esporte

Atletas de 13 municípios brilham nas Paralimpíadas Escolares de MS

As Paraesc são a principal competição de esporte paralímpico em nível escolar no estado, funcionando como seletiva para a etapa nacional

Polícia

Funcionários são presos após furtar R$ 10 mil em produtos em Campo Grande

Suspeitos aproveitavam tanto do acesso ao sistema quanto do deposito para furtar joias, celulares e até vestimentas, itens alimentícios e de perfumaria

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo