21 de outubro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Economia

BR-040 é leiloada com desconto de 61% no pedágio

Empresa ofereceu tarifa de pedágio com valor 61,13% abaixo do teto. Oito grupos participaram de leilão de trecho da rodovia, entre o DF e MG.

27 DEZ 2013 - 12h20min
G1
A Invepar arrematou nesta sexta-feira (27) a concessão do trecho da rodovia BR-040, entre o Distrito Federal e Minas Gerais, no último leilão do Programa de Investimento em Logística (PIL) do ano. O preço de pedágio oferecido foi 61,13% menor que o teto fixado pelo governo.
 
A empresa vencedora ofereceu uma proposta de tarifa básica de R$ 3,22528, que representa um deságio (desconto) de 61,13% em relação ao teto de R$ 8,29763 por praça de pedágio ou R$ 9,74 para cada 100 quilômetros. A administração do trecho será de 30 anos.
 
Oito grupos participaram da disputa. A estimativa é que, ao longo de 30 anos, a concessionária vencedora arrecade cerca de R$ 24,7 bilhões.
 
De acordo com a ANTT, o usuário que passar pelas 11 praças de pedágio que serão criadas no trecho concedido pagará, no total, R$ 35,20. A tarifa será a mesma em todas as praças, já que, segundo agência, as distâncias são iguais.
 
A BR-040 liga Brasília ao Rio de Janeiro, passando por Belo Horizonte e Juiz de Fora. Segundo a ANTT, em média 7.165 veículos trafegam pelo trecho diariamente.
 
O trecho que vai do Rio de Janeiro a Juiz de Fora já é administrado por outra empresa. De acordo com o Ministério do Transporte, com esse leilão, toda a extensão da rodovia será administrada pela iniciativa privada.
 
Dos 936,8 quilômetros de rodovia, 557,2 quilômetros terão que ser duplicados pelo concessionário num prazo máximo de cinco anos. Pela regra, a empresa só pode começar a cobrar pedágio dos motoristas, em toda a extensão da estrada, depois de concluir 10% das obras de duplicação (55,7 quilômetros). Serão implantadas 11 praças de cobrança.
 
A previsão do governo é que sejam investidos R$ 7,92 bilhões ao longo de toda a concessão. Além das obras de duplicação, o concessionário será responsável pela manutenção da rodovia por investimentos em melhorias.
 
O grupo vencedor terá, por exemplo, que implementar 15 quilômetros de contornos de municípios em pista dupla, dez quilômetros de vias marginais e nove passarelas. O concessionário também terá que instalar um sistema de controle de tráfego, que inclui painéis de mensagem, controle eletrônico de velocidade e circuito de câmeras de monitoramento; e um sistema de atendimento aos usuários, com socorro médico de emergência, socorro mecânico e pontos de apoio e parada.
 
Vencedor
 
A Invepar Investimentos e Participações e Infraestrutura tem como sócios os três maiores fundos de pensão do país ? Previ, Petros e Funcef ? e a construtora OAS. 
Junto com a operadora Air Company South Africa, a empresa é a operadora do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. A Invepar também administra rodovias como a Raposo Tavares e Rio-Teresópolis e da Linha Amarela, no Rio de Janeiro.
 
A companhia afirma que seu foco é na gestão e operação de rodovias, sistemas de mobilidade urbana e aeroportos e que é composta atualmente por 11 empresas que administram e operam concessões no Brasil e na América Latina.
 
Propostas apresentadas no leilão
 
Oito concorrentes disputaram o leilão da BR-040, realizado nesta sexta-feira, na BM&FBovespa, em São Paulo.
 
Confira os oito grupos que entregaram propostas para a BR-040:
 
- Consórcio Via Capital - Ecorodovias Infraestrutura e Logística s.a., Coimex Empreedimentos e Participações Ltda.,  Rio Novo Locações Ltda; Tervap Pitanga Mineração e Pavimentação Ltda; Contek Engenharia S.A.; A. Madeira Indústria e Comércio Ltda; Urbesa Administração Ltda. - R$ 4,59439 - deságio: 44,63%
 
- Companhia de Participações em Concessões (CPC/CCR) - R$ 7,03473 -  deságio: 15,22%
 
- Investimentos e Participações em Infraestrutura S. A. (Invepar) - R$ 3,22528 - deságio: 61,13%
 
- TPI ? Triunfo Participações e Investimentos S.A. - R$  7,46870 - deságio: 9,98%
 
- Consórcio Queiroz Galvão Infraestrutura - Queiroz Galvão Desenvolvimento de Negócios S/A;
 
Construtora Queiroz Galvão S/A - R$ 7,88275 - deságio: 4,99%
 
- Consórcio Caminho Novo - Encalso Construções Ltda; Camter Construções e Empreendimentos S/A; Infravix participações S/A; Conter Construções e Comércio S/A; Firpavi Construtora e Pavimentadora S/A - R$ 6,30620 - deságio: 23,99%
 
- Consórcio Integração - Fidens Engenharia S.A.; Construtora Aterpa M. Martins S.A.; Construtora Barbosa Mello S.A.; Carioca Christiani-Nielsen Engenharia S.A. - R$ 5,86725  - deságio: 29,29%
 
- Contern Construções e Comércio Ltda. - R$ 4,73740  - deságio: 42,90%
 
Quinto leilão de rodovia do ano
 
O leilão da BR-040 faz parte do Programa de Investimento em Logística (PIL), lançado pelo governo em agosto do ano passado e principal aposta da presidente Dilma Rousseff para destravar gargalos no setor de transporte. Para rodovias, a meta inicial do programa é a concessão de nove trechos, num total de 7,5 mil quilômetros.
 
Desde setembro deste ano, o governo já leiloou quatro trechos: da BR-050, entre Goiás e Minas Gerais; da BR-163, em Mato Grosso; um lote com trechos das BRs-060/153/262, entre Brasília e Betim (MG); e o da BR-163 no Mato Grosso do Sul.
 
A proposta de pedágio vencedora para cada um dos trechos foi: R$ 4,534 (BR-050), R$ 2,638 (BR-163/MT), R$ 2,851 (BRs-060/153/262) e R$ 4,38 (BR-163/MS). O deságio (desconto) dessas propostas ficou entre 42,38% e 52,74%, em relação aos valores máximos fixados em edital, o que tem sido motivo de comemoração no governo.
 
Com o leilão desta sexta da BR-040, faltam ir a leilão quatro dos nove trechos originais do PIL, e apenas um deve ser concedido em 2014: o da BR-153, entre Goiás e Tocantins. Em entrevista ao G1, a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, afirmou que é "uma grande probabilidade" que o governo desista de conceder à iniciativa privada os outros três lotes. São eles: BR-262 (entre ES e MG), BR-101 (BA) e BR-116 (MG).
 
Segundo o ministro dos Transportes, César Borges, a prioridade do governo para as rodovias em 2014 é a concessão do trecho da BR-153 que liga Anápolis, em Goiás, a Palmas, no Tocantins. O desejo do governo é realizar o leilão no primeiro semestre do ano que vem.
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Mãe flagra filha adolescente seminua com o marido e é atingida a golpes de facão

2
Aquidauana

Sem sinalização, mais um acidente é registrado na rua Antônio Campelo

3
Miranda

Com prefeito a bordo, pescadores se maravilham ao avistar 4 onças à beira do Rio Miranda

4
Aquidauana

Para Tati, fé foi imprescindível para superação da perda e também na chegada de Sofia

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max32

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min23 max32

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,22m
Miranda
1,52m
Paraguai
(-) 31

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"JÁ TENTEI OLHAR BEM DE PERTO"

Valdemir Gomes

Ainda...

Rosildo Barcellos

Poluição como questão de saúde pública!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Moto Táxi

Moto Táxi Cidade

Rua Estevão Alves Corrêa, 482 Centro - Ponto de ref.: Frente à Drogaria Brasil - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-1904
Conveniência

Conveniência do Alemão

Rua Estevão Alves Corrêa, 1920 Alto - 79200-000 Aquidauana/MS 3241-9608 / 9632-141
Escolas Municipais

Escola Municipal Indígena Pólo Marcolino Lili

Distrito de Taunay, Distrito de Taunay - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Ver Mais
Fale com a redação