X
Economia

Mais de 36 milhões de passageiros voaram pelo país de janeiro a maio deste ano

Os dados estão disponíveis no relatório de demanda e oferta da Agência Nacional de Aviação Civil, que está atualizado com os números do setor até o mês de maio de 2024

Assentos ofertados pelas companhias aéreas nesse período foi de 47 mil / Divulgação

A movimentação de passageiros em voos dentro do Brasil continua crescendo em 2024. De janeiro a maio deste ano, mais de 36,7 milhões de viajantes circularam pelo país. No ano passado, o registro para o mesmo período foi de 36,6 milhões. Apenas em maio, 7,1 milhões de passageiros passaram pelos aeroportos brasileiros.

Os dados estão disponíveis no relatório de demanda e oferta da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), que está atualizado com os números do setor até o mês de maio de 2024. O número de assentos ofertados pelas companhias aéreas nesse período foi de 47.557.449.

O Ministério do Turismo desenvolve várias ações para estimular o brasileiro a viajar mais pelo país. Uma delas é o “Conheça o Brasil: Voando”, uma parceria com o Ministério de Portos e Aeroportos, Abear e empresas aéreas. O programa envolve, por exemplo, o aumento da oferta de voos e a opção de “stopover”, já disponível em cidades como São Paulo (SP) e Brasília (DF). Na modalidade, com a mesma passagem, o turista visita um local intermediário antes de seguir ao destino final.

Já o “Conheça o Brasil: Realiza” permite o acesso de correntistas do Banco do Brasil a uma linha de crédito voltada à aquisição de serviços turísticos, com condições diferenciadas. O trabalho do MTur também engloba o “Conheça o Brasil: Cívico”. A iniciativa, que motiva estudantes, professores e pesquisadores a visitarem destinos conectados à história nacional, tem um projeto-piloto desenvolvido em Brasília (DF) e cidades do entorno da capital.

Internacional

A movimentação de passageiros internacionais teve a melhor marca para o mês de maio na história. Foram mais de 1,9 milhão de passageiros em voos internacionais no período, 18,2% a mais que o registrado em maio de 2023. Os dados relativos à oferta de assentos internacionais, medida em assentos por quilômetro ofertados, também são positivos, com um aumento de 14,4% em relação a maio de 2023.

Para atrair mais voos internacionais para o Brasil, o governo federal lançou o PATI (Programa de Aceleração do Turismo Internacional). A iniciativa é fruto de uma parceria entre os Ministérios do Turismo, de Portos e Aeroportos e a Embratur, que atuaram em dois eixos: ampliação da oferta de assentos regulares em voos internacionais e melhoria da experiência dos turistas em aeroportos brasileiros.

Na primeira etapa, foram criados mais de 70 mil novos assentos ligando destinos internacionais ao Brasil. Espera-se que, ao fim dessa nova rodada, pelo menos 10.956 novos assentos sejam disponibilizados, totalizando assim 81.100 assentos.

Já estão abertas as inscrições para a segunda rodada do PITI. As empresas têm até 25 de junho para enviar suas propostas. Neste segundo momento, está previsto um investimento público de mais R$ 1,6 milhão. Serão utilizados recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil que, no momento inicial, subsidiarão ações organizadas em dois eixos de atuação: ampliação da oferta de assentos regulares em voos internacionais e melhoria da experiência dos turistas em aeroportos brasileiros.

*Com informações da Comunicação do Ministério do Turismo

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Hospital Regional de MS lança 'Dia D' de cadastro de doadores de medula óssea

Servidores, acadêmicos, estagiários, residentes, funcionários terceirizados e instituições parceiras estão sendo convidados a participar dessa importante iniciativa que pode salvar vidas

Pantanal

Combate aos incêndios no Pantanal tem reforço de bombeiros do PR e GO

Operação Pantanal 2024 completa 114 dias nesta quarta-feira

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo