24 de outubro de 2021
Anuncie Aqui
Ensino

Crise econômica e evasão do Ensino Médio reduzem inscrições no Enem

Exame deste ano registra uma queda de 21% no número de candidatos em MS

1 NOV 2018 - 09h01min
Correio do Estado

O número de inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) caiu 21% em Mato Grosso do Sul, na comparação com o ano passado. Enquanto em 2017 foram 92.299 inscritos, este ano, a quantidade de candidatos é de 72.393, um total de 19.908 inscrições a menos. Para especialistas na área, a situação econômica do País nos últimos anos e um Ensino Médio precário são as principais causas para o desinteresse de possíveis candidatos.

Campanha Drogaria Aquidauana Institucional - 02

“Caiu muito o número de matriculados no Ensino Médio. Dos egressos do Ensino Fundamental, só um terço está matriculado no Ensino Médio. Outro grave problema são essas escolas de tempo integral, pois muitos alunos não têm disponibilidade para estudar nelas, já que muitos trabalham. O que aconteceu é que, com a situação socieconômica do País em apuros, muitos estudantes pararam de estudar para trabalhar, por isso, o Enem não interessa mais a eles”, explica o doutor em Educação Antônio Osório.

Ter de trabalhar, estar à procura de emprego ou ter conseguido uma vaga para começar a trabalhar em breve foram as principais justificativas para a interrupção dos estudos apontadas por 39,6% dos jovens, na última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ainda segundo o levantamento, dos 48,5 milhões de jovens brasileiros, entre 15 e 29 anos de idade, mais da metade, 25,2 milhões, não havia concluído o Ensino Superior nem frequentava escola, curso, universidade ou qualquer outra instituição regular de ensino em 2017. São mais de 330 mil pessoas, em comparação com 2016. 

 
 
 
 

“Os jovens precisam de emprego para ajudar as famílias e também estão desmotivados a concluir os estudos. Outro problema é que o Ensino Médio não tem uma identidade, uma função. Por isso, a tendência é cada vez menos estudantes se inscrevam no Enem”, considera o especialista.

Para Angela Costa, que também é doutora na área, tanto o ensino médio quanto o Enem precisam ser reformulados. “Estão colocando as pessoas dentro da universidade de qualquer maneira. Eu tive alunos no curso de Pedagogia que não sabiam nem o que estavam fazendo ali. O Ensino Médio está sendo reformulado há anos, mas continua de péssima qualidade. Eles [estudantes] vão fazer o Enem sem saber de nada e acabam caindo num curso com que não se identificam, pois não alcançam nota suficiente”, revela.
Atualmente, o Enem seleciona estudantes para cursos superiores de inúmeras universidades do País.

Podem participar do exame alunos que estão concluindo ou que já concluíram o Ensino Médio.
Em coletiva de imprensa realizada em maio, o ministro da Educação, Rossieli Soares, afirmou que a redução no número de inscritos representa “o sucesso das mudanças adotadas pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para promover a inscrição consciente e evitar o desperdício da verba pública”.

Segundo o ministro, entre 2013 e 2017, os ausentes no Enem causaram um prejuízo de quase R$ 1 bilhão, de acordo com dados do Inep. Dentro deste quadro, a maior parte dos faltosos é composta por participantes contemplados com a isenção da taxa.

ESTRUTURA

O Enem 2018 será estruturado com base na matriz de referência do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. O exame será constituído de redação em Língua Portuguesa e de quatro provas objetivas, que terão 45 questões de múltipla escolha, cada.

As provas objetivas e a redação avaliarão as seguintes áreas de conhecimento do Ensino Médio e os respectivos componentes curriculares:  linguagens, códigos e suas tecnologias, língua portuguesa, literatura, língua estrangeira (inglês ou espanhol), artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação, ciências humanas e suas tecnologias, história, geografia, filosofia e sociologia, além de ciências da natureza e suas tecnologias, química, física, biologia e matemática.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Sem mexer as pernas, Manoel do Bar da Praça pede "por orações"

2
Entretenimento

Dira Paes aprende passos de "Mercedita" e já ganha "título" de MS

3
Bodoquena

No município de Bodoquena, até chuva forte de granizo já "aterrissou" em MS

4
Entretenimento

Jovem cria pintinho de estimação e internet "explode" em fofura

Informe Publicitário

Informe

Comtel é a única empresa de MS em evento internacional

Previsão do Tempo

min22 max33

Aquidauana

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
min22 max33

Anastácio

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Nas...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

EIS QUE CHEGOU...

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Transportes

Viação CRUZEIRO DO SUL

Rua Nelson Felício dos Santos, 145 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2929
Pousadas

Fazenda 23 de Março

Acesso por Miranda ou Taunay, ------ ------- - 79002-364 Aquidauana/MS (67)321-4737 / 9997- www.fazenda23demarco.com.br
Médicos

Vitor Maksoud - Clinico Geral

Rua 7 de Setembro, 499 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2422
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo