X
Esportes

Ainda desempregada, Maurren Maggi pode ir para o Pinheiros

Há quase dois meses, Mauren Maggi recebeu uma má notícia: a Rede Atletismo, clube que defendia, decidiu parar de investir em equipes adultas e não renovou o contrato com a campeã olímpica. Depois da procura do Botafogo, um novo destino, bastante conhecido, pode surgir para a atleta do salto em distância. Nesta terça-feira, a Rede anunciou uma parceria com o Pinheiros, que terá duração inicial de um ano, e que tem como objetivo principal formar atletas para os Jogos de Londres-2012. Porém, o acordo também pode abrir caminho para a contratação de Mauren pelo clube paulista.


Apesar de priorizar as categorias de base - todos os atletas da Rede com mais de 19 anos serão encaminhados para o Pinheiros -, o presidente do clube, Antonio Moreno Neto, confirmou o interesse em ter Maurren em seu elenco.


- Ainda não tem nada decidido. É uma questão de conversar. É claro que queremos. Ninguém questiona o que a Maurren já conseguiu e todo o potencial dela, só que tudo precisa ser analisado em conjunto entre Pinheiros e Rede. Mas vamos ver o que acontece - disse Neto.


Ao saber do anúncio da parceria entre os clubes, o técnico de Maurren, Nélio Moura, disse que a permanência da saltadora em São Paulo é uma boa possibilidade para o futuro da atleta, que tem uma filha, Sofia, de 4 anos.


- Ainda não conversamos. Eu estava esperando definir a parceria da Rede com o Pinheiros. Mas agora vou ligar para o presidente do Pinheiros para ver se marcamos uma reunião - revelou Nélio.


Já o presidente da Rede Atletismo, Jorge Queiroz de Moraes, preferiu não comentar quais seriam as chances de ter a campeã olímpica de volta ao seu elenco.


- Não tem nada que impeça ou a favor. A Maurren é uma ótima atleta, mas ainda não houve interesse por nenhum dos lados - afirmou Queiroz.


Parceria busca apagar mancha do doping


Independente da contratação de Maurren Maggi, o Pinheiros já contará com 12 atletas de alto rendimento que eram vinculados à Rede, entre eles Jessé Faria, Fabiano Peçanha, Kleberson Davide, Sirlene Souza, Vanessa Spinola, Zenaíde Vieira e Adriana Aparecida. Todos serão treinados pelo técnico Cláudio Castilho.


- É um impulso muito grande para o atletismo, que sempre foi a estrela do Pinheiros. A equipe é muito técnica e tenho certeza que conquistará os resultados para provar que essa parceria irá trazer de volta a credibilidade que estão questionando - disse Castilho.


A falta de confiança na Rede Atletismo se deve aos casos de doping que foram divulgados em 2009. Neste ano, sete atletas da equipe testaram positivo no exame para substâncias proibidas. Porém, se depender do presidente Jorge Queiroz, a união com o Pinheiros inicia uma nova fase para o clube.


- Essa será uma parceria duradora. Decidimos unir as forças porque temos objetivos parecidos. Um dia conversamos e vimos que a Rede precisava de apoio, porque tem uma vida muito curta ainda. Chegamos com ambição, vontade de querer ganhar tudo. Mas, infelizmente, aconteceram todos aqueles casos de doping. O que queremos agora é montar uma equipe limpa e de alta performance. Trabalharemos para ser a equipe número 1 do Brasil.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Pesca

Fim da Piracema: Pesca está liberada em MS a partir desta quinta-feira

Imasul alerta para regras ambientais

Geral

Comarca de Corumbá está com inscrições abertas para estágio em Direito

As inscrições estão abertas até o dia 05 de março

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo