X
Esportes

Após polêmica, Simon tem atuação discreta na volta aos gramados

Depois de ter dias conturbados e de ter sido afastado do Campeonato Brasileiro, Carlos Eugênio Simon entrou em campo novamente nesta quinta-feira para apitar River Plate (URU) x LDU, pela fase semifinal da Copa Sul-Americana.


O gaúcho teve atuação discreta e não apareceu muito, o que é bom para um árbitro: significa que ele teve bom desempenho e não foi pressionado pelos jogadores por nenhum erro comprometedor. Seguro nas marcações, Simon teve controle do jogo e não comprometeu em nenhum momento. A equipe do Uruguai, jogando em casa, venceu por 2 a 1.


A confusão com Simon começou quando ele anulou um gol legítimo de Obina diante do Fluminense no Maracanã. O Palmeiras acabou derrotado por 1 a 0. Como punição, ele foi suspenso até o final do Campeonato Brasileiro. Os jogadores ficaram revoltados e reclamaram muito dentro e fora de campo. Porém, mais revoltado ainda ficou o presidente do clube, Luiz Gonzaga Belluzzo.


O mandatário chamou o árbitro de "vigarista, safado, sem vergonha e crápula" e abertamente indicou que estava tudo armado para ajudar o Fluminense, que luta contra o rebaixamento. Belluzzo chegou até a ameaçar Simon fisicamente, dizendo que o agrediria se o encontrasse na rua. Por esse ato, Belluzzo foi denunciado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e pode pegar até seis anos de suspensão.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

Inadimplência do consumidor aumenta em janeiro, após 2 meses de queda

Número de inadimplentes chegou a 72,07 milhões, segundo a Serasa

Saúde

SES projeta aprimoramento para enfrentamento da Hanseníase no MS

Palestras acontecem no auditório do Bioparque

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo