21 de janeiro de 2021
Anuncie Aqui
-->
Esporte

Belezas do Pantanal dão vida ao Brasileiro de Canoagem em Corumbá

Evento foi realizado neste final de semana

23 NOV 2020 - 09h36min
Fundesporte

 A primeira e única competição nacional de canoagem estilo maratona do ano não poderia ter cenário melhor: o Pantanal sul-mato-grossense. A exuberante beleza natural do Reino das Águas deu vida às disputas e estimulou atletas de todo o país na 28ª edição do Campeonato Brasileiro de Canoagem Maratona, em Corumbá (MS). O evento, realizado no último final de semana, dias 21 e 22 de novembro, seguiu rígidas medidas sanitárias por conta da Covid-19 e teve o apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por intermédio da Fundação de Desporto e Lazer (Fundesporte).

A elevada temperatura, característica da Cidade Branca, não desanimou os 83 canoístas inscritos no campeonato, que remaram nas águas do tradicional Rio Paraguai, em meio à diversidade da fauna e flora pantaneira, em busca do título brasileiro da temporada. Segundo a Federação Estadual de Canoagem (FCaMS), além de Mato Grosso do Sul, estiveram na Capital do Pantanal atletas de Mato Grosso, Distrito Federal, Rio de Janeiro, Bahia, Paraná e Rio Grande do Sul.

Para o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda, Corumbá ficará para sempre na memória dos participantes. “A paisagem deslumbrante oferecida pela natureza aos competidores foi um fator a mais de motivação, sem contar o desafio de remar na correnteza do Rio Paraguai. Ficamos muito felizes com a satisfação dos atletas que estiveram aqui, que elogiaram a organização e tiveram a oportunidade de disputar uma competição tão marcante neste ano atípico, de pandemia. Com certeza, todos se lembrarão com muito carinho deste Brasileiro”.

A mesma opinião é compartilhada por Klaus Von Gal, supervisor do Comitê de Canoagem Maratona da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa). “Alinhamos com a FCaMS a realização deste Brasileiro em Mato Grosso do Sul e tivemos a oportunidade de passar um final de semana no Pantanal, um lugar maravilhoso de natureza, o que enriquece muito mais o campeonato. Apesar da pandemia, tivemos um número bem expressivo de atletas. Pelo ano que passamos, achamos que não teria nenhum campeonato”.

Gerente da Unidade de Esportes de Participação e Lazer (Uepla) da Fundesporte, Rodrigo Barbosa de Miranda, afirma que Mato Grosso do Sul destaca-se na organização de torneios nacionais de canoagem. “O Governo do Estado, por meio da Fundesporte, vem fazendo de tudo para sediar grandes eventos, principalmente da canoagem. Em 2019, organizamos o Brasileiro de Canoagem Descida Sprint e Kayak Extremo em Bonito, outro paraíso natural, e agora o de Maratona, na imensidão do Pantanal. Não deixamos nada a desejar e já estamos nos tornando referência, com forte repercussão dos eventos entre atletas, técnicos e dirigentes da modalidade”.

O certame em Corumbá contou com a presença de dois canoístas olímpicos: o brasileiro Roberto Maehler e o cubano, agora naturalizado brasileiro, Jorge García, que estivaram nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016, no Rio de Janeiro-RJ. A prova na Capital do Pantanal também teve a participação de inúmeros campeões nacionais e internacionais da canoagem em diversas modalidades (descida, velocidade, slalom e oceânica).

“Desde a estrada a caminho de Corumbá, vendo os animais silvestres, já deu arrepio. Estive em Corumbá pela quarta vez e cada competição foi uma emoção diferente, porque o Pantanal nos proporciona isso. Cada dia é um dia, o sol, a diversidade natural, a correnteza do Rio Paraguai. Então, vim para cá com essa imprevisão do que encontrar no Pantanal”, revela Maehler, que está na briga pela vaga olímpica para Tóquio-2021. A definição deve sair em abril do ano que vem.

As provas, com percursos de cinco, 10 e 20 quilômetros, foram disputadas nas categorias infantil, menor, cadete, júnior, sênior, máster (A, B, C e D) e open, e na canoagem adaptada/paralímpica nas categorias L1, L2, L3 e open. Os tipos de embarcação foram caiaque (classes K1 escola, K1/K2 e K1 (embarcação até 4,5 metros) e canoa (C1 - individual/C2 - dupla). Já na paracanoagem, caiaques foram remados nas classes K1 (individual), V1 e turismo.

O 28º Campeonato Brasileiro de Canoagem Maratona foi pela Federação de Canoagem de Mato Grosso do Sul (FCaMS), com supervisão da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), em parceria com a Prefeitura Municipal de Corumbá. O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, via Fundesporte, foi o principal fomentador do evento.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

Bombeiro militar que prestou serviços em Aquidauana morre vítima da Covid-19

2
Geral

Confira as oportunidades da Casa do Trabalhador de Aquidauana

3
Policial

Sem achar corpo no rio Aquidauana, bombeiros aguardam novas informações

4
Nioaque

Com previsão de mais chuva, Defesa Civil alerta moradores de Miranda, Bonito e Nioaque

Vídeos

Após chuvas, árvore cai em cima do telhado de residência em Corumbá

Com período chuvoso intenso, rio Aquidauana sobe e chega a 5 metros

Após acidente de trânsito envolvendo carro e moto, vítima é levada para pronto socorro

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min22 max28

Aquidauana

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
min22 max28

Anastácio

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
6,10m
Miranda
4,05m
Paraguai
0,94cm

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Uma...

Raquel Anderson

Dialeto caipira, uma maravilha!

Mariana Thomé

Corrupção: o mal que deve ser inibido e que impede o ...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Decorações

Tainha Decorações

Rua Duque de Caxias, 1937 Alto - 79200000 Aquidauana/MS (67) 3241-3197 / 324
Lojas de Souvenirs

Egle - Camiseteria e Souvenir do Pantanal

Rua Manoel Antonio Paes de Barros, 583 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 - 2246
Restaurantes

Restaurante Fogão Caipira

Bichara Salamene, 47 Aquidauana/MS 67 999359420 https://www.facebook.com/fogao.caipira.547
Ver Mais
Fale com a redação