X
Esportes

Cacau brilha, mas Barcelona conquista empate em Stuttgart

Barça decidirá vaga no Campo Nou

O brasileiro naturalizado alemão Cacau teve uma noite especial nesta terça-feira, contudo, sua equipe, o Stuttgart, não encontrou tantos motivos para comemorar. Atuando dentro de casa, na Mercedes-Benz Arena, a equipe alemã ficou no empate por 1 a 1 diante do Barcelona, atual campeão, no confronto de ida pelas oitavas de final da Copa dos Campeões da Europa. O tento mandante acabou sendo anotado pelo camisa 18, melhor atleta em campo, aos 24 minutos da primeira etapa. Ibrahimovic, no segundo tempo, evitou a derrota.

O resultado desta noite na Alemanha deve ser comemorado pelo Barcelona. O gol assinalado fora de casa deixa os catalães a um empate sem gols das quartas de final da Copa dos Campeões da Europa. Em contrapartida, o Stuttgart necessita de, no mínimo, uma igualdade acima de dois tentos para comemorar um lugar entre os oito melhores do continente. O duelo decisivo está marcado para o dia 17 de março, no estádio Camp Nou.

Depois de passado o primeiro desafio pelo mata-mata da Champions League, o Barcelona volta a campo neste sábado pressionado para manter a liderança do Campeonato Espanhol. Apenas dois pontos à frente do arquirrival Real Madrid na tabela - 58 a 56 -, o time de 'Pep' Guardiola enfrenta o Málaga, em casa. Por sua vez, o Stuttgart tentará embalar na Bundesliga diante do Eintracht Frankfurt.

O jogo - Principal equipe da Europa na última temporada, o Barcelona ficou conhecido pelo seu jogo envolvente, em que dificilmente cedia a bola ao adversário. E, atuando na Alemanha, o time de Josep Guardiola iniciou a partida desta forma. No entanto, as duas linhas de quatro jogadores, armados pelo técnico Christian Gross, minaram as pretensões espanholas durante a primeira etapa.

Apostando na forte marcação, o Stuttgart adiantou sua formação para marcar a saída de bola dos catalães. Com ela nos pés, o time alemão mostrou muita velocidade, o que dificultou muito o trabalho da dupla de zagueiros visitante, formada pelo espanhol Gerard Pique e o mexicano Rafael Márquez. Dessa forma, os alemães passaram a ameaçar o goleiro Victor Valdés constantemente.

De insistir e conseguir chutar a gol, o Stuttgart abriu o placar aos 24 minutos. O meia Timo Gebhart cruzou na medida para Cacau superar Puyol no alto e estufar as redes. Gol que refletiu a primeira metade do primeiro tempo: Barcelona tocando, não criando e sofrendo no campo defensivo.

O tento assinalado animou os donos da casa e, principalmente, Cacau. Em dois lances consecutivos, por volta dos 32 minutos, o atacante brasileiro assustou os catalães. Primeiramente, o jogador venceu a disputa com Rafa Márquez e, à frente de Valdés, apenas rolou para o meio da área. Bem posicionado, Gerard Piqué deu um carrinho e conseguiu afastar para a linha de fundo. Logo em seguida, o camisa 18 recebeu excelente passe e arrematou de bico para o gol. Desta vez, o número 1 do Barca evitou o gol.

Acuado, o Barcelona criou sua primeira grande chance de gol aos 40 minutos, quando Messi fez grande jogada e arrematou de fora da área para defesa de Lehmann. Após o goleiro do Stuttgart espalmar, a bola caprichosamente caminhou para trás e bateu na trave.

Atrás no marcador, o clube catalão voltou a campo com outra postura na segunda etapa. Sem trocar tantos passes, o Barcelona equilibrou o confronto e conseguiu chegar à igualdade logo aos sete minutos. Após bola alçada na área e um toque errado da zaga alemã, Piqué tocou de cabeça para Ibrahimovic, completamente livre, chutar em cima de Lehmann. No rebote, o sueco empatou.

Depois do empate, o Barcelona retomou a ousadia da última temporada. Guardiola colocou em campo Henry na vaga de Touré e aumentou o poder ofensivo dos visitantes. Aos 23 minutos, os espanhóis estiveram muitos próximos de tomarem a liderança no duelo. Depois de cobrança de escanteio, Ibrahimovic dominou e girou para o gol. Em cima da linha, Molinaro conseguiu afastar a bola com o braço, para protestos dos blaugranas.

Sem sofrer a pressão inicial, especialmente após os alemães externarem cansaço, o Barcelona mostrou-se satisfeito com o resultado, embora aparecesse mais no setor ofensivo. Tranquilo dentro de campo e dominando a posse de bola, os espanhóis seguraram a igualdade com gols até o final do duelo. Assim, um empate sem gols na Catalunha mantém o time vivo na disputa pelo bicampeonato.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cidades

Jovem é socorrido após ser mordido por queixada no Pantanal

Corpo de Bombeiros realizou resgate aéreo da vítima

Serviço

Servidores de Aquidauana participam de treinamento sobre 'Lei das Licitações'

Lei estabelece normas gerais de licitação e contratação para as administrações públicas

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo