X
Esportes

Coritiba vai pedir adiamento de julgamento no STJD

Ganhar tempo. Essa será a primeira estratégia do Coritiba no julgamento desta terça-feira, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), pelos episódios de violência após a partida contra o Fluminense. Em entrevista coletiva na última segunda-feira, a comissão de advogados montada pelo clube para a defesa no Rio de Janeiro anunciou que pedirá o adiamento do julgamento.


A alegação da junta alviverde será a necessidade de mais tempo para conclusão do inquérito policial e a inclusão dessa documentação entre as provas. Por trás desse pedido, está a intenção de tirar um pouco o assunto da mídia e do calor da pressão da opinião pública.


- O Coritiba se tornou alvo de linchamento público. No decorrer da semana, foi condenado pela mídia nacional - afirmou o advogado do clube, Gustavo Nadalin.


Caso falhe a tentativa de adiar o julgamento, o Coxa seguirá duas linhas para a sua defesa. A primeira, é de comparar o ato de alguns torcedores a um crime passional. Por essa tese, a frustração pelo rebaixamento do clube teria levado essas pessoas a atacar aquilo que dizem amar.


Outra estratégia será a de demonstrar que o clube tomou todas as providências possíveis para garantir a segurança na partida. Para isso, será exibido o ofício entregue pelo presidente Jair Cirino à Secretaria de Segurança Pública (Sesp), três dias antes do jogo, revelando que integrantes de uma torcida organizada haviam o ameaçado e o patrimônio do clube em caso de rebaixamento.


Também será exibido o relatório de segurança da partida, para a qual o clube contratou 278 agentes particulares, como forma de reprimir qualquer tentativa de invasão. Os advogados mostrarão um comparativo com outras grandes partidas da temporada. No jogo com o Internacional, em maio, pela Copa do Brasil, foram 153 seguranças. No Atletiba de outubro, pelo Brasileiro, eram 182.


- Parafraseando Gabriel Garcia Marquez, foi a crônica da violência anunciada - definiu Renê Dotti, que irá encabeçar a junta de advogados coxas-brancas.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni

Lista de pré-selecionados atrasou quatro dias

Economia

Mega-Sena pode pagar R$ 185 milhões neste sábado

Apostas podem ser feitas até as 19 horas, no horário de Brasília

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo