X
Esportes

De virada, São Paulo vence Barueri e encosta no G-4

Triunfo levou o Tricolor ao quinto lugar no Campeonato Paulista, com 17 pontos

O São Paulo levou um susto na noite desta quinta-feira, mas se recuperou para vencer o Barueri por 3 a 1, de virada, no estádio do Morumbi. O triunfo levou o Tricolor ao quinto lugar no Campeonato Paulista, com 17 pontos, apenas um abaixo do G-4.

Apesar da derrota, o Barueri foi quem abriu o placar, com um belo gol de Marcos Assunção, que enganou Rogério Ceni em cobrança de falta. Mas Washington igualou a contagem pouco depois. Ainda no primeiro tempo, Marcelinho Paraíba converteu pênalti para ampliar e se firmar como batedor oficial do Tricolor, deixando o goleiro-artilheiro como segunda opção. Nos acréscimos, Henrique marcou o terceiro gol.

Poupados no início do duelo, Hernanes e Cléber Santana entraram apenas no segundo tempo. Mas o Tricolor não terá muito mais tempo para descansar, pois tem clássico diante do conturbado Palmeiras, no domingo, no Palestra Itália. Na sequência, o time de Ricardo Gomes terá de viajar para a Colômbia, onde enfrentará o Once Caldas, pela Libertadores.

Já a Abelha, que aparece no décimo lugar do Estadual, com 12 pontos, busca a recuperação no domingo, contra o Santo André.

O jogo: Com domínio durante os minutos iniciais, o São Paulo começou apostando nas jogadas aéreas, mas encontrou dificuldade para vencer a linha defensiva dos visitantes. A primeira chance com perigo só saiu quando Marcelinho Paraíba desistiu de encontrar algum companheiro na área e tentou um gol olímpico, mas Márcio se mostrou atento para afastar.

Aos dez minutos, o Tricolor resolveu colocar a bola no chão e criou uma excelente chance. Cicinho fez lançamento rasteiro para Washington, que surgiu atrás da zaga, invadiu a área e chegou a driblar o goleiro, mas deixou a bola escapar pela linha de fundo.

O time de Ricardo Gomes, então, voltou a insistir nas jogadas aéreas e, sem obter sucesso, acabou levando a resposta do Barueri, que encontrou força nos pés do rápido Flavinho. O atacante encarou a marcação pela esquerda e finalizou com perigo, na rede pelo lado de fora da meta de Rogério Ceni.

Na jogada seguinte, Flavinho sofreu falta de Renato Silva ao arriscar nova jogada individual pela esquerda, perto da área. Na cobrança, aos 21 minutos, o Barueri abriu o placar. Marcos Assunção chutou direto para o gol e encobriu Rogério Ceni, que deixou a meta para cortar um eventual cruzamento.

Mas a vantagem dos visitantes durou apenas dois minutos. O Tricolor fez a jogada funcionar novamente quando colocou a bola no chão. Pela esquerda, Jorge Wagner tocou na área para Richarlyson, que rolou para Washington bater com força, de primeira, para estufar as redes.

Depois do empate, o São Paulo continuou superior em campo, mesmo diminuindo o ritmo ofensivo. A equipe local só voltou a ameaçar com duas boas oportunidades de Cicinho. Na primeira delas, o lateral recebeu completamente livre na direita e chutou forte, exigindo defesa incrível de Márcio. Pouco depois, mesmo baixinho, Cicinho apareceu entre a defesa para cabecear rente ao travessão.

Nos minutos finais, o Tricolor transformou a superioridade em vantagem. Washington chutou e viu a bola bater na mão de Paulão. Pênalti assinalado pelo árbitro, aos 44. Ex-batedor oficial, Rogério Ceni correu até a área, mas depois voltou. Assim, Marcelinho Paraíba chutou com força para colocar o São Paulo na frente.

No intervalo, o técnico Vinícius Eutrópio sacou Willian para a entrada de Araújo. E a primeira jogada de perigo da etapa foi justamente do time visitante. Flavinho tocou de calcanhar para deixar Araújo de frente para o gol. O atacante chutou e viu Rogério Ceni salvar o Tricolor.

Depois de se mostrar apático nos minutos iniciais do segundo tempo, o Tricolor se lançou ao ataque. A bola passou rente à trave em batida da intermediária de Jean. Pouco depois, Ricardo Gomes tirou Carlinhos Paraíba, que teve atuação discreta, para a entrada de Cléber Santana.

E o jogo teve um lance de muitos erros em seguida. Após cruzamento da direita, Márcio deu um tapa na bola para impedir a chegada de Washington, mas o rebote caiu nos pés de Cléber Santana, que rolou na marca do pênalti para Marcelinho Paraíba. Porém,a conclusão do meia-atacante passou longe do gol.

Os dois treinadores promoveram alterações em seguida. No Barueri, o ex- palmeirense Jefferson entrou no lugar de Ji-Paraná. Já do outro lado, Washington foi aplaudido por todo o estádio ao ceder seu lugar para o garoto Henrique.

Já com Hernanes em campo (na vaga de Cicinho), o São Paulo quase ampliou a vantagem nos minutos finais. Henrique puxou ótimo contra-ataque e fez assistência para Marcelinho Paraíba, que carimbou o travessão. No lance seguinte, Hernanes bateu falta para exigir boa defesa de Márcio. Nos acréscimos, Henrique invadiu a área e chutou forte para marcar.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Emprego

Provas do Concurso Nacional Unificado terão megaoperação logística

Serão entregues mais de 2 milhões de malotes de provas em 220 cidades. Os Correios também irão fazer a logística reversa dos cartões de resposta das unidades nos estados para o local de correção

Economia

Investimento de R$ 674 milhões reforça sistema de energia

Medida acompanha crescimento de MS

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo