X
Esportes

Dunga ignora veto e diz que aguarda Doni e Juan na seleção

Mesmo com a intenção da Roma de não liberar o goleiro Doni e o zagueiro Juan para se apresentarem para a seleção brasileira, com a alegação de que os atletas estão machucados, o técnico Dunga disse aguardar a chegada dos dois jogadores à equipe nacional.


A seleção brasileira participará de amistosos contra a Inglaterra, no dia 14 de novembro, em Doha, no Qatar, e contra Omã, no dia 17, em Mascate, capital do país.


"Não há nada de estranho. Realizaremos esses dois amistosos nas datas Fifa [dias programados para os atletas defenderem as seleções]. É preciso obedecer ao protocolo oficial", disse Dunga para o jornal italiano "Corriere dello Sport".


Segundo a imprensa italiana, o goleiro se recupera de uma contusão na coxa e o defensor sofre com problemas musculares.


"Ninguém está negando isso. Como em outras vezes, os jogadores são consultados pelo nosso departamento médico e depois voltam para a casa", falou o técnico.


Para os amistosos, além de Doni, o técnico Dunga convocou para posição de goleiro Júlio César, da Inter de Milão. Já para a zaga, ele chamou também Luisão, do Benfica, Naldo, do Werder Bremen, e Lúcio, da Inter de Milão.


Para a vaga do volante Ramires, do Benfica, que foi cortado devido a uma lesão muscular, Dunga já chamou Fábio Simplício, do Palermo.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni

Lista de pré-selecionados atrasou quatro dias

Economia

Mega-Sena pode pagar R$ 185 milhões neste sábado

Apostas podem ser feitas até as 19 horas, no horário de Brasília

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo