X
Esportes

Título ou rebaixamento: Palmeiras e Sport jogam suas últimas fichas

Se perder, Verdão dá chance a São Paulo se distanciar de vez. Já o Leão pode até ser rebaixado em caso de empate. O goleiro Marcos resumiu bem: Palmeiras e Sport disputam nesta quarta-feira, às 21h50m (horário de Brasília), no Palestra Itália, uma final. Se perder, a equipe da casa dá chance para o São Paulo se distanciar na liderança do Brasileirão e compromete seriamente sua chance de conquistar o título. Já a situação do Sport é bem mais dramática: a equipe estará rebaixada em caso de empate. Mais decisivo, só se valesse troféu.


Após liderar a competição por 19 rodadas consecutivas, o Palmeiras foi ultrapassado na rodada passada. Está em segundo lugar, com 58 pontos. O Tricolor tem 59. Os palmeirenses ainda remoem a derrota para o Flu, domingo passado, num jogo em que o protagonista foi o árbitro Carlos Eugênio Simon, que teve uma atuação bastante polêmica. Tanto que está afastado pela CBF.


- Ele foi muito mal, mas temos de procurar esquecer isso e pensar somente no Sport - afirma Marcos, que está de volta à equipe alviverde após cumprir suspensão.


O Leão é o lanterna, com 30 pontos, 11 atrás da linha vermelha. Se empatar nesta quarta, o Leão vai a 31 e ficará pelo menos dez pontos abaixo, faltando nove a serem disputados. Ou seja, estará matematicamente na Série B.


Sem Love
O Palmeiras não poderá contar com o atacante Vagner Love, suspenso. Em seu lugar, o técnico Muricy Ramalho deverá escalar Ortigoza, que volta de suspensão. Edmílson está recuperado de lesão e foi relacionado para o jogo, mas sua escalação ainda é dúvida. Caso ele não possa jogar desde o início, Sandro Silva segue na equipe.


É o mesmo caso de Pierre, que já apareceu no banco contra o Fluminense, domingo passado, e deverá seguir na reserva nesta quarta. Ele se recuperou de grave lesão no tornozelo, mas ainda não tem ritmo de jogo.


Com interino e com mudanças


Depois da derrota para o Cruzeiro na última rodada, Péricles Chamusca deixou o Sport. O clube até anunciou, nesta terça, Givanildo Oliveira como seu novo técnico, mas ele só assumirá a equipe em 2010. Enquanto isso, Levi Gomes comanda o Leão interinamente.


E o interino já chegou fazendo mudanças. O esquema com três zagueiros volta a ser usado, com a entrada de Igor ao lado de César e Durval. O treinador tem ainda quatro desfalques. Hamilton, Andrade e Fabiano cumprem suspensão, e Luciano Henrique, machucado, só volta a jogar na próxima temporada. Élder Granja entra na lateral, deslocando Moacir para o meio, ao lado de Zé Antonio e Adriano Pimenta.


- Estou com muitas saudades de entrar em campo. Estou há muito tempo sem jogar. Tinha feito 15 partidas consecutivas, jogando bem. Mas depois da chegada de Chamusca, não joguei. Respeitei a opção dele e, continuei meu trabalho - disse Granja.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni

Lista de pré-selecionados atrasou quatro dias

Economia

Mega-Sena pode pagar R$ 185 milhões neste sábado

Apostas podem ser feitas até as 19 horas, no horário de Brasília

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo