X
Esportes

Torcedor do Coritiba continua internado em estado grave após confusão

Dos nove torcedores do Coritiba que deram entrada no Hospital Evangélico, feridos na confusão generalizada que aconteceu no Couto Pereira após o rebaixamento do clube, quatro ainda continuam internados. A situação mais crítica é de Anderson Rosa de Moura, de 19 anos, que levou um tiro na cabeça e foi operado na madrugada desta segunda-feira para a retirada da bala no crânio.


Segundo informações do hospital, o estado dele continua gravíssimo. Autoridades ainda investigam para saber se o tiro partiu da polícia ou de algum torcedor que estava armado.


Outros dois torcedores seguem internados em observação, apresentando o mesmo quadro. Cleverson Heneman de Freitas, de 27 anos e um menor de 15 foram atingidos com tiros de bala de borracha.


Uma senhora de 43 anos, que não teve o nome divulgado pela família, também se feriu na confusão após a explosão de uma bomba. Outros cinco torcedores atendidos no Evangélico chegaram com ferimentos leves e já foram liberados.


A Polícia Militar e o Ministério Público farão uma reunião para avaliar as imagens da confusão e tentar localizar os torcedores responsáveis pela baderna. A invasão de campo ocorreu após o apito final do empate por 1 a 1 entre Coritiba e Fluminense.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Hemosul convoca doadores de sangue neste fim de semana

Ação visa abastecer estoque de tipagens

Saúde

Brasil tem mais de um milhão de casos de dengue este ano

Seis estados e o Distrito Federal decretaram situação de emergência

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo