X
Foco

Xadrez: o que começou no tablet virou coisa séria e já rende medalhas ao menino de 8 anos

Arquivo Pessoal

De tanto ver os pais trabalhando com as peças de Xadrez, Éryco Augusto já mostrava curiosidade pela prática e entendia como aqueles piões se movimentavam com pouco menos de 2 anos de idade. Hoje, aos 8 anos, o menino de Guia Lopes da Laguna acumula medalhas de campeonatos promovidos pela Federação Sul-mato-grossense de Xadrez.

Naturais de Anastácio, os pais de Éryco são professores de matemática na região de Guia Lopes e também trabalham com projetos de promoção do Xadrez. Por ser algo tão presente na rotina da casa, desde muito pequeno o tabuleiro lhe era familiar, tornando aquela atividade muito atrativa.



“Ele sempre foi muito curioso e disposto a aprender. Quando notamos que já estava jogando sozinho o Xadrez em seu tablet, nos restou ensinar os nomes das peças. Como pais, a emoção sempre é muito forte e sempre iremos apoia-lo no que ele sentir vontade em fazer”, escreveu os pais Adriana e Érico Pariz para O Pantaneiro.

Aos 6 anos o pequeno xadrezista participou do seu primeiro campeonato municipal e conquistou a medalha de prata e aos 7 veio a de ouro na mesma competição. Em outubro de 2020 participou II torneio de Xadrez Escolar Online, realizado pela FEEMS, conquistou prata. Novembro foi o competidor mais novo a participar da última etapa do Estadual de Xadrez Absoluto Online, que é o mais importante entre adultos amadores e mestres do Estado.

E não para por ai! Em dezembro Éryco conquistou o segundo lugar no II Bahia Open de Xadrez sub8, que é online e a nível nacional.

A família acredita que a modalidade precisa ser mais conhecida entre as crianças. Para quem sabe, o Xadrez pode ser grande auxiliar na raciocínio e concentração dos pequenos. “Acreditamos que primeiramente deve se dar oportunidade a todos de conhecerem o Xadrez e a partir disto criar meios que possibilitem a prática do Xadrez”, concluem.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

Mercado eleva perspectiva do PIB e da arrecadação para 2024

A mediana das expectativas dos agentes consultados por pesquisa da Fazenda aponta que PIB deve superar R$ 11,535 trilhões, e a arrecadação deve fechar o ano em R$ 2,602 trilhões

Serviços

Treinamento qualifica Bombeiros para atuar em combate de florestais

O treinamento dos alunos soldados teve início em janeiro deste ano

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo