21 de outubro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Eventos

Alzira Espíndola e Almir Sater serão atrações do MS Canta Brasil

Evento vai celebrar os 36 anos de Mato Grosso do Sul. Entrada será gratuita.

29 SET 2013 - 10h30min
redação / Aníbal Placêncio
Os 36 anos de criação de Mato Grosso do Sul serão celebrados durante o próximo MS Canta Brasil, no dia 06 de outubro (domingo). Alzira Espíndola e Almir Sater sobem ao palco do Parque das Nações Indígenas e apresentam a musicalidade que marca o Estado. Organizado pelo governo do Estado através de sua Fundação de Cultura, o projeto começa a partir das 17h30, e a entrada, como sempre, é franca. 
 
Cantora, compositora e instrumentista sul-mato-grossense, Alzira Maria Miranda Espíndola iniciou sua carreira musical em 1977, com a gravação e lançamento do LP "Tetê e o Lírio Selvagem" (Polygram), grupo do qual fazia parte com seus irmãos Tetê, Geraldo e Celito. Em 1980, após a dissolução do Lírio, estreou no show "Vozes e Violas", com Almir Sater, Passoca e grupo Bendegó, em São Paulo. 
 
Em 1986, iniciou sua carreira solo e gravou o primeiro LP, "Alzira Espíndola", produzido por Almir Sater e que reúne vários compositores da região Centro Oeste, uma inédita de Renato Teixeira - "Homem não chora" - e autorais. Em 1990, com Itamar Assumpção e Banda, excursionou pela Alemanha, Áustria e Suíça. A convivência resultou no segundo LP, "AMME" (iniciais do seu nome completo), trabalho pelo qual foi indicada para o Prêmio Sharp 1992 como melhor cantora pop. 
 
Em 1996, gravou seu terceiro disco solo, "Peçamme", produção independente onde apresentou parcerias com Itamar Assumpção, Luli, Lucina, Alice Ruiz e Jerry Espíndola. Em janeiro de 1998, gravou com Tetê Espíndola (em dueto de vozes, craviola e violão) "Anahí". O repertório vem da vivência e convivência em comum em Mato Grosso do Sul.
 
Alzira lançou ainda "Ninguém Pode Calar", com releituras em homenagem à cantora e compositora Maysa, no ano 2000. Em 2005, lançou "Paralelas" em parceria com Alice Ruiz, participação de Zélia Duncan e um poema com Arnaldo Antunes. O último CD, Alzira E, foi lançado em 2007.
 
Já o cantor Almir Sater, de Mato Grosso do Sul para os palcos do mundo, é um dos grandes representantes da música popular, dos sons inconfundíveis do Pantanal e das raízes do campo. Com mais de 30 anos de carreira e 10 discos gravados, suas canções resgatam a riqueza da viola, unindo a sonoridade pantaneira ao erudito, oferecendo um repertório eclético e inovador. 
 
O cantor, compositor e instrumentista de Campo Grande, considerado um dos maiores nomes da viola brasileira, apresentará no repertório do show clássicos como ?Trem do Pantanal?, ?Comitiva Esperança?, ?Tocando em Frente?, ?Um Violeiro Toca?, entre outros, garantindo um show repleto de belas canções e tradições. 
 
Almir tornou-se um dos responsáveis pelo resgate da viola de 10 cordas, que foi incorporada aos seus arranjos com um toque mais sofisticado, temperada com estilos estrangeiros como o blues, o rock e o folk, uma mistura de música folclórica, erudita e popular considerada atemporal. 
 
Em 2010, foi um dos convidados para o especial e gravação do DVD "Emoções Sertanejas", em homenagem aos 50 anos de carreira de Roberto Carlos. Sua interpretação para a canção "O Quintal do Vizinho", contida e suave, recebeu diversos elogios e foi apontada por vários internautas como a mais bonita apresentação. 
 
MS Canta Brasil 
 
O projeto MS Canta Brasil é uma realização da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e prevê apresentações de shows com artistas de renome nacional e de destaque em Mato Grosso do Sul na Arena do Parque das Nações Indígenas, localizada nos altos da Avenida Afonso Pena. O objetivo é homenagear os estados brasileiros por meio da música, promovendo a integração artística. 
 
Desde que o MS Canta Brasil foi inaugurado, em outubro de 2007, já se apresentaram no evento 41 nomes da música sul-mato-grossense: Chalana de Prata, Tropeiros da Querência, Bojo Malê, Jerry Espíndola, Jucy Ibañez, Olho de Gato, Carlos Colman, Geraldo Espíndola, Filho dos Livres, Marcelo Loureiro, Guilherme Rondon, Bêbados Habilidosos, Bando do Velho Jack, Agemaduomi, Velho do Rio, Lia Mayo, Grass, Balaio Jazz, Simona, Léo Verão e Daniel Freitas, Zézinho do Forró, Delay, Curimba, Sampri, Aldeia Black, Muchileiros, Mandioca Loca, Gideão Dias, Jeniffer Magnética, Marina Dalla, Dimitri Pellz, Guga Borba, Hermanos Irmãos, Gustavo Vargas, Vinil Moraes, Black Tie, Dombraz, Gilson Espíndola, Rivers, Karina Marques e Sarravulho.
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Mãe flagra filha adolescente seminua com o marido e é atingida a golpes de facão

2
Aquidauana

Sem sinalização, mais um acidente é registrado na rua Antônio Campelo

3
Miranda

Com prefeito a bordo, pescadores se maravilham ao avistar 4 onças à beira do Rio Miranda

4
Aquidauana

Para Tati, fé foi imprescindível para superação da perda e também na chegada de Sofia

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max32

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min23 max32

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,22m
Miranda
1,52m
Paraguai
(-) 31

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Veja...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"...O LÍDER CUIDA DO POVO."

Rosildo Barcellos

Poluição como questão de saúde pública!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Comitiva - Comida Regional

Comitiva Shalom

Av. Pataneta (junto ao Paint Ball), Alto - 79200-000 Aquidauana/MS 3241-8579 / 99943-46 http://Comida de Comitiva estará em funcionamento de quarta-feira a domingo
Pesqueiros

Pesqueiro do Barbosa

Distrito de Camisão, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 96157369
Bancos

Banco Caixa Econômica Federal

Rua Estevão Alves Corrêa, 562 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4030 / 324 www.cef.com.br
Ver Mais
Fale com a redação