21 de outubro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Geral

21 acusadas de aborto fazem acordo com MPE para evitar prisão

9 OUT 2007 - 10h53min
midia max news

Das 25 pessoas denunciadas sob acusação de praticarem abortos na Clínica de Planejamento Familiar, de propriedade da médica Neide Mota Machado, pelo menos 21 delas aceitaram fazer o acordo proposto pelo MPE ( Ministério Público Estadual), que visa oferecer uma pena alternativa, com prestação de serviços comunitários em troca da extinção do processo. Apenas uma das acusadas se recusou a fazer o acordo, alegando inocência.


As audiências de suspensão do processo foram realizadas durante todo o dia de hoje. Na primeira parte, pela manhã, estavam previstas audiências com 12 pessoas, mas a acusada Débora Cristina Poleto não foi encontrada e com isso não foi intimada a comparecer ao Fórum, sendo assim foram ouvidas 11 pessoas, sendo que um homem e 9 mulheres assinaram o acordo e apenas uma se recusou a assinar.


Durante o período da tarde estavam previstas audiências de conciliação com outras 13 mulheres, que seriam ouvidas pelo juiz Aluízio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, sendo elas: Raquel Cristina de Mello, Marly Teodoro Vieira, Kerlyn Patrícia Nunes Pedroso, Lorena Larissa Peixoto, Maria de Lourdes da Nóbrega Albino, Marlene Maria da Silva, Paula Virgínia de Oliveira Severino, Tatiane Vieira da Silva Mello, Lucilei Aparecida Faria dos Santos, Gleicimara Lynch de Miranda, Joice Rodrigues da Cruz, Karina de Moraes Ocampos e Anne Carolinne Barbosa.


Todas elas aceitaram o acordo, com exceção de Marlene Maria da Silva que faltou à audiência agendada e Anne Caroline, que também não foi encontrada para ser intimada a comparecer ao Fórum. Marly Teodoro Vieira aceitou fazer o acordo para extinção do processo penal e ainda arrolou o ex-namorado Edson Dauto Rios, também como culpado, já que ele pagou R$ 2,5 mil para que ela fizesse o aborto.


Marly alegou que arrolou o ex-namorado porque não quer "passar pelo constrangimento sozinha". Segundo a acusada, ela tirou o bebê porque Edson afirmou que não iria reconhecer a criança e ela teria que criar o bebê sozinha. Diante da denúncia, o juiz se prontificou a chamar Edson para esclarecer os fatos. Além das mulheres arroladas no processo por crime de aborto, Denis Martins de Souza, acusado de pagar para a namorada menor de idade fazer aborto na clínica, também fez acordo com a promotoria, para prestar serviços comunitários.


Apenas uma das arroladas no processo não concordou com o acordo. Karla Cânepa Couto, ouvida na manhã de hoje, recusou-se a aceitar a proposta do MPE alegando que irá provar a sua inocência. Segundo o juiz, "cabe a ela provar sua inocência, caso contrário ela irá a júri popular e o processo dela vai continuar", afirmou Aluízio.


O juiz explicou que mulheres que aceitaram fazer o acordo terão que prestar ajuda comunitária, pois o crime de aborto, que prevê pena de 1 a 3 anos de detenção, cabe a escolha pena alternativa, com prestação de serviços à comunidade. No entanto, as acusadas terão que seguir a risca as condições do acordo, que são:


I - Comparecer pessoalmente todo mês em juízo para comprovar endereço e local de trabalho, durante o período de dois anos;


II - Durante o primeiro ano da prova prestar serviços comunidade, em uma creche ou escola municipal pelo período de 4 horas semanais e levar mostrar os comprovantes mensalmente em juízo;


III - Proibição de se ausentar da comarca, sem autorização dos juízes, por mais de 15 dias, durante o período de um ano.


Caso as condições não sejam seguidas, o acordo recomeçará a contar os dois anos novamente e o processo poderá até ser reaberto. O juiz ressaltou que Marlene Maria, que faltou a audiência, terá uma nova oportunidade de analisar o acordo e a acusada será procurada pela promotoria. Já Débora e Anne, que não foram encontradas para serem intimadas, serão buscadas pelo MPE, para que também tenham uma nova chance de suspender o processo criminal que são acusadas por crime de aborto.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Mãe flagra filha adolescente seminua com o marido e é atingida a golpes de facão

2
Aquidauana

Sem sinalização, mais um acidente é registrado na rua Antônio Campelo

3
Miranda

Com prefeito a bordo, pescadores se maravilham ao avistar 4 onças à beira do Rio Miranda

4
Aquidauana

Para Tati, fé foi imprescindível para superação da perda e também na chegada de Sofia

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max32

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min23 max32

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,22m
Miranda
1,52m
Paraguai
(-) 31

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"JÁ TENTEI OLHAR BEM DE PERTO"

Valdemir Gomes

Ainda...

Rosildo Barcellos

Poluição como questão de saúde pública!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Fotografias - LAB.

Foto Monteiro

Rua Augusto Mascarenhas, 642 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-7058
Ponto de Táxi

Ponto de Táxi Nº 7

Rua Estevão Laves Correa, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3422
Pousadas

Fazenda Barranco Alto

Rio Negro, ------ ------- - 79200-000 Aquidauana/MS (67)9986-0373 www.fazendabarrancoalto.com.br
Ver Mais
Fale com a redação