X
Pantanal

Agência nacional declara escassez hídrica na bacia do Rio Paraguai

Documento da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico foi editado diante do cenário de seca na bacia do Paraguai, que é a maior do Pantanal

Bacia na região de Corumbá / Foto: Zig Koch / Banco de Imagens ANA

A ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico) aprovou na segunda-feira, 13, a Declaração de Situação Crítica de Escassez Quantitativa dos Recursos Hídricos na Região Hidrográfica do Paraguai. A medida, discutida durante a 27ª Reunião Deliberativa Extraordinária do colegiado, terá vigência até 31 de outubro deste ano, podendo ser prorrogada caso a situação de escassez persista.

A decisão foi motivada pelo cenário observado na Região Hidrográfica do Paraguai, que apresenta níveis de escassez hídrica preocupantes, segundo entidades como o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) e o SGB (Serviço Geológico do Brasil). O rio Paraguai, principal da região, atingiu em abril o pior valor histórico em algumas estações de monitoramento, indicando uma escassez que já dura desde o início do ano.

Essa escassez pode trazer impactos significativos para os usos da água, especialmente no abastecimento de cidades como Cuiabá, no Mato Grosso, e Corumbá, em Mato Grosso do Sul. Além disso, atividades como navegação, turismo, pesca e geração de energia também podem ser afetadas.

A ANA tem a competência legal para declarar situações críticas de escassez hídrica, visando a proteção dos múltiplos usos da água em rios de domínio federal. Com essa declaração, a agência pretende intensificar o monitoramento hidrológico da região e propor medidas de prevenção e mitigação de impactos.

Outra ação adotada pela ANA foi a instalação da Sala de Crise do Alto Paraguai, um espaço para compartilhamento de informações importantes para a tomada de decisão diante dessa situação. A região do Alto Paraguai abrange parte de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, incluindo a maior parte do Pantanal, e é essencial para a biodiversidade e economia desses estados.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Bonito

Semec apresenta Plano Municipal de Educação em audiência pública

Foram apresentadas as metas alcançadas e as que não foram 100% alcançadas com suas justificativas

Bonito

Prefeitura conclui reforma da Ponte do Mutum em Bonito

Foram realizados reparos na superfície da ponte, substituição de elementos danificados, pintura e reforço da estrutura

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo