18 de setembro de 2021
Anuncie Aqui
Violência Contra Mulher

ALARMANTE: em quatro dias, quatro mulheres foram agredidas em Bodoquena

O número é considerado muito alto para um município com pouco mais de 7 mil habitantes

19 NOV 2019 - 18h04min
Bonito Informa

Em apenas quatro dias, quatro mulheres foram agredidas por seus companheiros ou ex-maridos na cidade de Bodoquena. O índice é considerado alarmante já que o município possui pouco mais de sete mil habitantes.

Drogaria Aquidauana - Aniversário de 8 anos - Bonificação_02

Os números relatados são baseados nos boletins de ocorrências registrados pelas vítimas. Os dados apontam que diariamente pelo menos uma mulher é agredida pelos maridos ou ex-companheiros, isto sem contar às vítimas que também podem ter sido agredidas, mas não procuraram a delegacia.

Na última sexta-feira (15), uma mulher de 29 anos, foi xingada, humilhada e agredida com vários chutes desferidos pelo ex-marido, identificado como Janilson Silva Batista, de 34 anos. A vítima não quis reatar o relacionamento e então foi xingada de ‘bugra feia’ além de outras palavras de baixo calão que seriam impublicáveis.

Janilson chutou a ex-mulher e só parou a ‘sessão tortura’ quando a viatura da polícia chegou ao local, após ser acionada por moradores. Além de ficar machucada, ter sido humilhada, a vítima também teve um dente quebrado durante o espancamento.

Os depoimentos das vítimas relatados à polícia são de cortar o coração. No dia seguinte, mais precisamente no sábado (16), mais uma mulher foi espancada em Bodoquena. A vítima, de 32 anos, foi agredida com vários socos e chutes pelo marido, Alison de Almeida Gonçalves, de 27 anos.

A mulher relatou que o marido chegou em casa por volta das 4h da manhã e quando ela perguntou o local que ele estava, o suspeito passou a xingar e a espancar a esposa. Após a vítima cair no chão, ainda foi arrastada pelos cabelos por vários cantos da casa.

Ela precisou mandar um áudio para a irmã implorando por socorro. A polícia foi acionada e Alison foi preso em flagrante.

Ontem (18), uma mulher de 43 anos também procurou a delegacia de Bodoquena. Segundo o boletim de ocorrência, o ex da vítima, Milton Pires Arguelo, de 62 anos, constantemente tem feito ‘barracos’ na residência.

A mulher explica que está separada do suspeito e que mesmo assim ele a persegue e quando fica alcoolizado, vai até a casa da vítima onde fica fazendo escândalos, mesmo tarde da noite.

Também nesta segunda-feira, uma jovem de 18 anos precisou da polícia local. Gestante de seis meses, ela foi ameaçada de morte e mantida em cárcere privado pelo companheiro, Marcelo Martins Borges, de 20 anos. A vítima estava há três dias sem poder sair do quarto de uma residência e quando tentou sair, ele tentou matá-la com uma faca.

DENUNCIE, VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHA!

A Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência - Ligue 180 – é um serviço de utilidade pública gratuito e confidencial (preserva o anonimato), oferecido pela Secretaria Nacional de Políticas, desde 2005.

O Ligue 180 tem por objetivo receber denúncias de violência, reclamações sobre os serviços da rede de atendimento à mulher e de orientar as mulheres sobre seus direitos e sobre a legislação vigente, encaminhando-as para outros serviços quando necessário.

A Central funciona 24 horas, todos os dias da semana, inclusive finais de semana e feriados, e pode ser acionada de qualquer lugar do Brasil e de mais 16 países (Argentina, Bélgica, Espanha, EUA (São Francisco), França, Guiana Francesa, Holanda, Inglaterra, Itália, Luxemburgo, Noruega, Paraguai, Portugal, Suíça, Uruguai e Venezuela). Desde março de 2014, o Ligue 180 atua como disque-denúncia, com capacidade de envio de denúncias para a Segurança Pública com cópia para o Ministério Público de cada estado. Para isso,  conta com o apoio financeiro do Programa ‘Mulher, Viver sem Violência’.

Ele é a porta principal de acesso aos serviços que integram a Rede nacional de enfrentamento à violência contra a mulher, sob amparo da Lei Maria da Penha, e base de dados privilegiada para a formulação das políticas do governo federal nessa área.

No Brasil, ligue para a Central de Atendimento à Mulher: telefone 180.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Acidente na MS-450 mobiliza socorristas do Corpo de Bombeiros de Aquidauana

2
Aquidauana

Mesmo com o fim repentino do pai, Ronny se apega à beleza da história do seu melhor "herói" amigo

3
Policial

PMA prende três caçadores e apreende armas e animais abatidos

4
Policial

Idoso é flagrado com 45 pescados ilegais na BR-262

Informe Publicitário

Informe

De loja nova, Soffi Cosméticos vai dar um up na sua beleza

Previsão do Tempo

min24 max41

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min24 max41

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Na...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

MUDANÇAS: APLIQUES DO DESTINO!

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Móveis e Decoração

Atalaia Arts

Rua Manoel Antônio Paes de Barros, 508 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2510
Telefones Úteis

Polícia Militar Ambiental - 4º PelPMA

Rua Candido Mariano, 420 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3675/3241-
Associações e Sindicatos

Sindicato Rural de Aquidauana

Antonio Campelo, s/nº Bairro Exposição - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2826
Ver Mais
Supermercado Seriema - 18 de Setembro - 01
2
Entre em nosso grupo