X
Chuvas

Após reivindicação, governo diz que está fazendo tapa-buraco e recapeamento na MS-040

Administração afirma que chuvas atrapalham continuidade do serviço

Equipes da Agesul na MS-040 / Divulgação

Após indicação do deputado estadual Marcio Fernandes (MDB) pedindo serviço de tapa buraco e recapeamento na MS-040 e de protestos dos caminhoneiros, o Governo do Estado divulgou por meio da sua assessoria que vem executando serviços de manutenção e recuperação de mais de 15 mil quilômetros de estradas estaduais, pavimentadas e de revestimento primário, e uma das prioridades é a MS-040, que liga Campo Grande a Santa Rita do Pardo.

De acordo com a adminsitração estadual, no entanto, o trabalho de tapa-buraco iniciado em janeiro está sofrendo descontinuidade devido ao excesso de chuvas.

A Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) informou que quatro equipes estão atuando diretamente na recuperação da pista da MS-040, onde o tráfego pesado – carretas com sobrepeso tem optado por circular pela estrada para desviar do trânsito e dos pedágios na BR-163 - tem provocado grandes danos à pavimentação. Dezenas de caminhões com minério de Corumbá, com a paralisação da navegação pela Hidrovia do Paraguai, cruzam diariamente a via em direção aos portos de Santos.

Em janeiro, o serviço emergencial na MS-040 foi realizado durante apenas uma semana por causa do mau tempo, que se prologa em fevereiro - mês onde a Agesul conseguiu cumprir algumas etapas.

"Nesse período de chuvas constantes é muito difícil realizar a manutenção das estradas”, esclarece Mauro Azambuja Rondon, diretor de Manutenção Viária da Agesul. “Mas as equipes da Agesul estão trabalhando de forma intensiva para aproveitar os momentos de sol e vai priorizar alguns trechos, como a MS-040, onde vamos atacar em várias frentes assim que as chuvas derem uma trégua.”

O serviço emergencial de tapa-buraco na MS-040 é realizado pela regional da Agesul de Campo Grande. A rodovia tem recebido especial atenção do Governo do Estado, nos últimos anos. Em 2017, foram restaurados 17 quilômetros e, em 2018, os trechos críticos próximos a área urbana de Santa Rita do Pardo, até então deteriorados, foram totalmente reconstruídos.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Polícia Civil de Aquidauana recupera celular e fecha ponto de venda de drogas

Jovem mentiu que iria desbloquear aplicativo, mas vendeu em ponto de drogas

Emprego

Aprovados no concurso público da Saúde de MS são convocados para posse

Ao todo, 116 candidatos foram aprovados

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo