X
Geral

Beira-Mar nega acusações e ataca a mídia e políticos

Beira-Mar em seu depoimento atacou a imprensa e os políticos. Segundo ele, "tudo que acontece no Brasil colocam a culpa em mim, se a Luana Piovanni aparecer grávida e a mídia falar que fui eu, tenho que me virar para provar que não tenho nada a ver com isso".


Perguntado sobre trechos da CPI do Narcotráfico que foi presidida pelo Deputado Federal Magno Malta, Beira-Mar disse que "as CPIs no Brasil são apenas palanque político e que quem está lá, apenas quer ganhar votos".


Ele também afirmou que não é o chefe do Comando Vermelho, facção criminosa do Rio de Janeiro, e que é apenas bucha, pois qualquer coisa que aconteça em qualquer lugar ele é sempre o culpado e citou o exemplo da invasão do Morro dos Macacos no Rio de Janeiro ocorrido no mês passado, pois quando derrubaram o helicóptero, colocaram a culpa nele e que logo depois, desmentiram e aí já tinham vendido os jornais que deveriam.


Beira-Mar reclamou do sistema prisional federal dizendo que é uma "fábrica de louco" e quem inventou isso "é um psicopata". Falou que desde Maio deste ano está convivendo com os outros presos e que no regime diferenciado que ficou, a rigidez era muito grande, ele tomava banho de sol sozinho e durante as visitas também ficava sozinho.


Pai de 11 filhos, 6 genéticos e 5 adotivos, dos quais 4 ele pegou para criar e apenas 1 foi através da justiça, Beira-Mar falou que dá muito valor a educação e acha que "todo advogado antes de pegar a carteirinha da OAB deveria fazer um estágio em um presídio, pois é muito fácil julgar alguém. Eu quando vou para um Tribunal, já sou julgado como culpado, antes mesmo de entrar aqui".


Beira-Mar está sendo julgado pelo assassinato de João Morel no dia 21 de Janeiro de 2001 na Sistema Prisional de Segurança Máxima de Campo Grande, acusações que ele nega participação desde o começo do plenário.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

MegaFeirão Serasa Desenrola é lançado com painel sobre Educação Financeira

O mutirão emergencial visa estimular a renegociação de dívidas, facilitando a vida de consumidores de todo o que país podem acessar ofertas especiais de várias formas, digitais ou presenciais

Educação

MEC publica portaria que regulamenta o Fies Social

Serão beneficiados pela portaria estudantes com renda familiar per capita de até meio salário mínimo cadastrados no CadÚnico

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo