X

O Corpo de Bombeiros Militar do Mato Grosso do Sul (CBMMS) divulgou neste domingo, dia 23, um resumo das operações realizadas no combate aos incêndios florestais na região do Pantanal. Este documento detalha as atividades da Guarnição de Combate a Incêndio Florestal (GCIF) durante o 82º dia da Operação Pantanal 2024.

Confira os detalhes das Intervenções:

1. Abobral, Estrada Parque Pantanal:

As GCIFs continuam trabalhando intensamente para conter as chamas na região do Abobral, próximo à Estrada Parque Pantanal. Ventos fortes com velocidades superiores a 50 km/h têm dificultado os esforços dos militares.

2. Porto Murtinho, Margem do Rio Paraguai - Barranco Branco:

Em Porto Murtinho, a GCIF segue combatendo um incêndio iniciado há dois dias nas margens do Rio Paraguai, na área conhecida como Barranco Branco. A operação é realizada em colaboração com fazendeiros locais, envolvendo a criação de aceiros e combate direto às chamas.

3. Rodovia BR-262, Corumbá:
Um novo foco de incêndio foi identificado na BR-262 em Corumbá, onde militares foram deslocados para conter as chamas. Os ventos fortes na região têm representado um desafio adicional para os bombeiros.

4. Forte Coimbra:
Na região do Forte Coimbra, as ações estão focadas na prevenção, em resposta a um alerta do Sistema de Comando de Incidentes (SCI), monitorado pela Sala de Situação.

5. Monitoramento Avançado:


As bases avançadas Redário e São Lourenço continuam monitorando um foco de incêndio localizado aproximadamente 14 km da divisa com Mato Grosso. O incêndio foi detectado por satélite e está sendo constantemente avaliado pela Sala de Situação em Campo Grande.

6. Corumbá, Apoio Aéreo:


Em Corumbá, o CBMMS conta com o suporte de 1 aeronave Air-Tractor e 2 helicópteros do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul para intensificar os esforços de combate. A chegada prevista de mais 1 aeronave Air-Tractor e 2 helicópteros do Governo Federal no domingo será crucial para as operações.

7. Ações Noturnas e Regionais:

Durante a noite anterior, uma guarnição de bombeiros foi mobilizada para extinguir focos às margens da BR-262, com sucesso ainda na madrugada. Novos focos identificados durante o dia levaram ao reemprego dos militares, que continuam engajados no combate.

8. Outros Focos e Monitoramentos:


Diversas áreas, como o Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema e o Varjão do Rio Amambai, foram monitoradas e receberam ações de combate quando necessário. Destaca-se também a colaboração com a iniciativa privada, como na cidade de Nova Andradina, onde um foco em plantação de canavial foi controlado pela própria usina.

Veja quais foram os recursos empregados pelos bombeiros para combater os incêndios:


Ao todo, foram utilizadas 2 aeronaves Air Tractor, 2 helicópteros, 7 caminhões de combate a incêndio, além de veículos equipados com kit pick-up, mochilas costais, sopradores e equipamentos de proteção individual. As GCIFs permanecem comprometidas em extinguir os incêndios ativos e manter o monitoramento constante nas áreas já controladas.

Este relatório diário visa fornecer transparência e detalhamento das operações realizadas pelo CBMMS na resposta aos incêndios florestais na região do Pantanal. A situação segue na Fase 3 de resposta, com o empenho contínuo dos bombeiros para proteger o patrimônio ambiental e as comunidades locais.

*As informações são do do Corpo de Bombeiros Militar do Mato Grosso do Sul.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Hospital Regional de MS lança 'Dia D' de cadastro de doadores de medula óssea

Servidores, acadêmicos, estagiários, residentes, funcionários terceirizados e instituições parceiras estão sendo convidados a participar dessa importante iniciativa que pode salvar vidas

Pantanal

Combate aos incêndios no Pantanal tem reforço de bombeiros do PR e GO

Operação Pantanal 2024 completa 114 dias nesta quarta-feira

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo