31 de outubro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Geral

Campo Grande adere à onda de protestos e fará ato contra escândalos na saúde

O foco da mobilização será o desvio de recursos públicos no tratamento do câncer

17 JUN 2013 - 06h01min
redação
Mesmo embaixo de chuva, cerca de 250 pessoas foram neste domingo (16) ao Parque das Nações Indígenas para marcar a adesão de Campo Grande à onda de protestos que atinge as capitais brasileiras. A capital sul-mato-grossense já tem data marcada para ir às ruas. Após os debates, o grupo marcou para o dia 20 ato contra escândalos na saúde. 
 
A data não foi escolhida à toa, no mesmo dia inicia o movimento ?Dia do Basta?, onde Campo Grande e outras cidades do País farão protestos em três dias consecutivos (20, 21 e 22) de protestos para parar o trânsito a fim de chamar a atenção das autoridades em diversos problemas e escândalos que acontecem pelo Brasil.
 
Em Campo Grande o foco da mobilização será o desvio de recursos públicos no tratamento do câncer nos hospitais Universitário e do Câncer. Antes de definir a saúde pública como pauta da manifestação também foi discutido outros assuntos como corrupção, PEC 37, representação do legislativo, executivo e outros.
 
Os movimentos usam as redes sociais para divulgar as ações e atrair apoiadores. Neste domingo, a maioria do público era de jovens e profissionais liberais. Gisela Fernandes, 51 anos, levou a filha de 17 anos, e se surpreendeu com a iniciativa.
 
?É a primeira vez que vejo isso em Campo Grande, isso que passei pelas Diretas Já?, comentou. Para ela, é preciso ?acabar com a corrupção e com briga entre a Câmara e o Executivo?. ?Isso não acrescenta em nada para o povo de Campo Grande?, disse, fazendo menção à crise entre o prefeito Alcides Bernal (PP) e os vereadores.
 
O estudante Edgar Palharia, de 17 anos, também aprovou a mobilização e disse que ?é necessário ir às ruas para discutir um futuro melhor?. Também estudante, André Luis, de 18 anos, comentou que ?todo o sistema tem um erro e temos que apontar a causa para resolver os problemas?.
 
No próximo dia 20, os manifestantes pretender se encontrar novamente, a partir das 17 horas, na praça Ary Coelho e depois na rua Rui Barbosa, esquina com avenida Afonso Pena, seguir até a Maracaju e voltar pela Rua 13 de Maio até a Ary Coelho no protesto contra o desvio de verba na saúde.
 
A onda de manifestações começou em São Paulo, Rio de Janeiro e Natal (RN) contra o aumento da tarifa no transporte coletivo. Houve confronto com a polícia e novos atos foram realizados, mais violentos e que acabaram tendo repercussão internacional.

(Com informações do site Midiamax)
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Ousadia: Ladrões tentam furtar piscina de casa em reforma em Aquidauana

2
Aquidauana

Aquidauanense Thayza Nara lança música inédita em plataformas digitais

3
Policial

Guardas apreendem moto com R$ 400 mil em multas em MS

4
Anastácio

Forno superaquece e provoca incêndio em padaria de Anastácio

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min21 max31

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min21 max31

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
4,50m
Miranda
3,59m
Paraguai
(-) 24

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Nossa...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"A VIDA ÍNTIMA DE LAURA"

Manoel Afonso

Amplavisão 1432 – Você concorda com o que disse Vo...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Bares/Panificadoras/Lanchonetes

Ferreira Lanches

Av. Pantaneta, S/N Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Casas de Shows

GRESSA

Visconde de Taunay, 457 Bairro Guanandy - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4142/9201-
Médicos

Heraldo Alan K. J. de Paula - Radiologista

Rua Duque de Caxias, 645 Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2279
Ver Mais
Fale com a redação