X
Geral

Campo-grandense presencia terremoto no Chile

Mulher de Campo Grande experimentou sensações do tremor

Recém-casada com um chileno, a campo-grandense Letícia Castro Sousa relatou ao site G1, das Organizações Globo, como foi que ela e o marido perceberam que estava ocorrendo um terremoto no País. O tremor de terra, o mais grave em 25 anos, matou mais de cem pessoas.

Em seu relato ao portal de notícias, Letícia diz que todos estão bem. Ela conta que os pais estavam no Chile e voltariam para Campo Grande, mas foram impedidos pela catástrofe.

Letícia diz que estava dormindo quando perceberam que a cama tremia. “Fomos dormir por volta da 1h. Eu e meu marido, que é chileno, acordamos com a cama tremendo. Na verdade, pensei que alguém estivesse movendo a cama”, conta.

”Meu marido disse que era um tremor. Em seguida, levantei da cama e gritei para os meus pais que dormiam no quarto ao lado", prossegue. Segundo ela, os pais não entenderam nada. Nesse momento, diz, a energia estava cortada.

A jovem diz que mora em uma casa em que o primeiro piso, onde ficam os dormitórios, é subterrâneo. De acordo com ela, quando subiu a escada, as portas se batiam, as luminárias se moviam e a sensação era que a casa inteira se mexia, como se fosse um barco no mar.



Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Emprego

Provas do Concurso Nacional Unificado terão megaoperação logística

Serão entregues mais de 2 milhões de malotes de provas em 220 cidades. Os Correios também irão fazer a logística reversa dos cartões de resposta das unidades nos estados para o local de correção

Esporte

Rayssa é vice na etapa de Paris do Street League

Brasileira cresce no final da prova e garante pódio

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo