21 de abril de 2021
Anuncie Aqui
-->
Geral

Com discurso de “socializar o índio”, coordenador chama PF na Funai

"Essa coisa de que vai prejudicar a cultura indígena é coisa de esquerdopata”, disse José Magalhães Filho

5 FEV 2020 - 16h42min
Campo Grande News

Na estreia como coordenador regional da Funai (Fundação Nacional do Índio) em Campo Grande, o Capitão reformado do Exército José Magalhães Filho “adiantou-se” e acionou a Polícia Federal até a sede da Fundação, na Rua 7 de setembro. Temendo “invasão” do local por indígenas, fez discurso e declarou que o principal objetivo da gestão será “socializar o índio”. 

Atlantico Quarta Verde e Vermelha_2

No local, policiais federais disseram que foram chamados “por uma suspeita de que ira ter uma manifestação”. O novo coordenador afirma que a instrução vem direto de Brasília, “uma recomendação da Funai”.

Em discurso na sede monitorada pela PF, Magalhães anunciou reunião com parte da comunidade indígena da área urbana de Campo Grande na segunda-feira (10), às 14h.

Socializar o índio – O capitão reformado é conhecido pelos brados ao megafone no Centro da cidade. A nomeação ao cargo, feita pelo Ministério da Justiça, foi divulgada ontem (4) no Diário Oficial da União, indicação que veio pelos laços “bolsonaristas” do militar. O novo cargo sacramenta a aposentadoria do megafone, usado há 20 anos para discurso contra políticos.

Ao discursar sobre o futuro da coordenação, disse que o novo lema será “integração sem desintegrar” e que o foco “é ter uma socialização dos índios”. Disse que o objetivo final “é que o índio entre na escola urbana”, ainda que vários alunos das redes municipais de Campo Grande e outras cidades do interior, assim como da rede estadual, sejam indígenas.

“Indígena tem que produzir, mas a terra não precisa ser dele. Essa preparação passa pela educação, tem que ter uma socialização do índio, para que ele entre na escola urbana”, declarou.

Sobre o contanto anterior com as etnias indígenas de Mato Grosso do Sul – 2º maior população indígena do país - disse que o único contato “foi na época das eleições quando saiu candidato a deputado estadual”. Disse ter ido em uma casa, onde viu uma família indígena que o apresentou a outras pessoas. “Terreno fértil”, nomeou, sobre o “cenário” encontrado.

Coisa de esquerdopata - Velho conhecido do Brasil desde a época colonial, o discurso de integração voltou ao espaço público com a atual gestão de Jair Bolsonaro (sem partido), mas contraria o modelo de "Estado pluriétnico" que culminou no Estatuto do Índio presente da Constituição Federal. 

“O índio fala de cultura nas suas festas, mas quando chega lá a festa é só comida, essa coisa de que vai prejudicar a cultura indígena é coisa de esquerdopata”, disse José Magalhães Filho.
O novo coordenador ainda disse que, entre as comunidades, “a aceitação é boa”. “Tenho a compreensão de que eles vão me dar crédito paras que aconteçam as coisas. Prioridade dos índios está dentro dos objetivos do governo”, afirmou.

Sem recursos – Magalhães admitiu que a Fundação está sucateada. Disse ter percebido “que a Funai só paga conta de água e luz” e que “funcionários pagam do próprio bolso para realizar viagens”. “A gente precisa mostrar que as ações para os índios gastam dinheiro” e comentou que espera ter apoio da bancada federal de Mato Grosso do Sul para a coordenação.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

Aquidauanense, subtenente da PM morre por complicações da covid

2
Geral

Condutor passa mal na Rua Duque de Caxias em Anastácio

3
Geral

Carreta carregada com extrato de tomate tomba na BR-262

4
Aquidauana

Atlântico Super Center formaliza projeto de expansão e nova filial ao prefeito de Aquidauana

Vídeos

Vídeo: Casal furta televisões de loja no centro da capital, em plena luz do dia

Apoiadores de Bolsonaro saem às ruas pedindo não ao Lockdown e sim à Intervenção Militar

Estreia Curta Metragem A Paixão de Cristo

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min19 max33

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min19 max33

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,49m
Miranda
2,41m
Paraguai
1,78m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

No...

Mariana Thomé

Quer ter colaboradores mais produtivos? Invista em gest...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

ATENÇÃO! ATENÇÃO!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Farmácias e Drogarias

Drogaria Star

Manoel Antonio Paes de Barros, 360 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3394
Médicos

Flávio Pereira - Ginecologista

Rua 7 de Setembro, 1193 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241- 3665
Farmácias e Drogarias

Farmácia Popular

Rua 7 de setembro, 540 e 771 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3583/1057
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo