X
Justiça

Defensoria entrega "passaportes" de uma nova vida para travestis e transexuais

No Mês do Orgulho LGBTQIA+, 47 travestis e transexuais receberam suas novas certidões de nascimento retificadas

Divulgação

Em uma cerimônia marcada pela emoção, a Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul entregou verdadeiros “passaportes” de uma vida nova para assistidas e assistidos em Campo Grande.

No Mês do Orgulho LGBTQIA+, 47 travestis e transexuais receberam suas novas certidões de nascimento, agora com os nomes que refletem verdadeiramente suas identidades. O evento foi realizado no auditório da Escola Superior da instituição.

A iniciativa faz parte da campanha “TRANSformando Histórias”, promovida pela Defensoria Pública de MS, que desde abril de 2024, oferece a oportunidade para pessoas trans e travestis alterarem seus nomes com custo mais acessível, um serviço essencial para aqueles que enfrentam barreiras financeiras.

A coordenadora do Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos (Nudedh), defensora pública Thaisa Raquel Defante, destacou a importância deste momento.

“Entregar essas certidões é mais do que um ato burocrático, é um reconhecimento da dignidade e identidade dessas pessoas. Cada novo nome registrado representa uma história de luta e superação”, disse a coordenadora.

Emocionado, o primeiro subdefensor público-geral, Homero Lupo Medeiros, enfatizou que “esta cerimônia de entrega das certidões é celebração e visibilidade, sublinhando a contínua batalha por igualdade e respeito. Essa ação só foi possível graças a união de esforços de diversas instituições, mas mais que isso, é fruto de uma árdua batalha travada diariamente por essa parcela da população que vive marginalizada nas ruas”.

Na sequência, o diretor da ESDP, defensor público Igor Cesar Linjardi, pontuou que, “a ação da Defensoria Pública reafirma o compromisso da instituição com a promoção dos direitos humanos e a Justiça Social. Em um país onde a população trans ainda enfrenta grandes desafios, iniciativas como esta são essenciais para promover a inclusão e o respeito”, destacou o diretor da Escola Superior.

Novas histórias e nascimentos

Lançada no primeiro trimestre deste ano, a campanha “TRANSformando Histórias” ofereceu atendimentos presenciais em maio, proporcionando a muitos a chance de formalizar uma mudança tão aguardada.

Para a maioria das pessoas presentes, o momento marcou o início de uma nova fase em suas vidas.

“Ter meu nome reconhecido legalmente é um sonho realizado. Eu não consegui dormir à noite esperando o dia de hoje. A Defensoria materializou algo que esperei e desejei muito, mas devido a condições financeiras não estava ao mesmo alcance. Começo aqui uma nova história na minha vida. Eu nasci hoje”, disse com lágrimas nos olhos a assistida Mia Valentina Leite Magalhães, de 22 anos.

Opinião compartilhada pelo assistido João Lucas Maldonado, de 27 anos, que considerou receber um verdadeiro “passaporte” para uma nova vida.

“É como se, finalmente, eu existisse de verdade, não apenas para mim, mas para a sociedade. Serei eternamente grato a Defensoria, mas não apenas pela minha nova certidão, agradeço pelo acolhimento e verdadeiro carinho que recebi de todos desde o primeiro atendimento, são realmente meus anjos”, completa.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Hospital Regional de MS lança 'Dia D' de cadastro de doadores de medula óssea

Servidores, acadêmicos, estagiários, residentes, funcionários terceirizados e instituições parceiras estão sendo convidados a participar dessa importante iniciativa que pode salvar vidas

Pantanal

Combate aos incêndios no Pantanal tem reforço de bombeiros do PR e GO

Operação Pantanal 2024 completa 114 dias nesta quarta-feira

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo