17 de abril de 2021
Anuncie Aqui
-->
Economia

Em Dourados, diferença no preço do quilo de filé mignon chega a R$ 49

As variações de preço também atingem a carne de frango e de suíno

5 DEZ 2019 - 16h14min
Midiamax

Para comer  filé mignon os douradenses terão que gastar muita sola de sapato. É o que aponta uma pesquisa realizada pelo Procon que encontrou uma variação de 140,66% entre o menor preço (R$ 34,90)   e o maior (83,99) em 18 estabelecimentos da cidade.Com isso,  o produto pode ficar ainda mais longe da mesa dos consumidores.

IvrNet_Campanha de Páscoa 11

As alterações não estão restritas somente à carne bovina. No caso do lombo suíno, por exemplo, a diferença verificada entre o menor e o maior preço foi de 143,96%. O mesmo acontece com o frango, uma vez que os fiscais encontraram variações de até 123,76% na coxa e sobre coxa e 85,84% no peito com osso.A menor variação de preços foi de 18,97% no pernil ovino, ofertado entre de R$ 36,90 até  R$ 43,90.

Com o preço da carne nas alturas, consumidores em Dourados estão fazendo malabarismos no orçamento e mudando hábitos considerados ‘sagrados’ , como os tradicionais churrascos de final de  semana com familiares e amigos. Para saber o jeito que  cada um está lidando com a situação, a reportagem percorreu alguns  supermercados e açougues na cidade.

Sem perder o humor e apesar de reconhecer que a carne se tornou um gênero de primeira necessidade na vida da sua família, a dona de casa Noêmia Souza Paz, está empenhada em modificar alguns costumes. “Do jeito que as coisas estão caminhando daqui um pouco não vai dar nem para comer frango. A opção que nos resta será somente o ovo. Mas isso não significa que vou virar vegetariana”.

Resistente, o motorista Israel Souza Silveira, que é filho de dona Noêmia, diz que ficar sem carne é uma missão quase impossível, mas que por enquanto terá que seguir os conselhos da mãe. “Por enquanto o churrasquinho de final de semana vai ficar apenas na minha vontade. Mas eu tenho esperança que esse momento logo passe”, lamenta Israel.

Assustado com as variações do preço da carne de um supermercado para outro, o instalador José Neuton Vargas, disse que a melhor opção continua sendo o açougue do bairro. Lá eu conheço o dono também a procedência da carne. Fica até mais fácil reclamar”, comenta.

Para o administrador de empresas Sérgio Alvarenga Moraes, o brasileiro,apesar de  sofrer com as adversidades, não abre mão de hábitos que alem de fazer mal para saúde, afeta diretamente o bolso. “Eu me enquadrava nessa categoria e achava que não conseguiria ficar sem carne. Me enganei comigo mesmo. Está difícil, mas já estou há uma semana sem ingerir carne vermelha”, comemora o administrador.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

AGORA: Homem passa mal e cai no meio da rua em Aquidauana

2
Policial

Em Dois Irmãos, homem mata o próprio irmão com um tiro de espingarda e foge

3
Geral

Confira as oportunidades da Casa do Trabalhador de Aquidauana

4
Policial

Dupla é presa por furtar fios de cobre em comércios de Aquidauana

Vídeos

Vídeo: Casal furta televisões de loja no centro da capital, em plena luz do dia

Apoiadores de Bolsonaro saem às ruas pedindo não ao Lockdown e sim à Intervenção Militar

Estreia Curta Metragem A Paixão de Cristo

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min22 max33

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min22 max33

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,52m
Miranda
2,20m
Paraguai
1,80m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Um...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

ATENÇÃO! ATENÇÃO!

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: EXÉQUIAS

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Restaurantes

Restaurante e Chopperia Moderna

Rua Augusto Mascarenhas, 573 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 8100
Escolas de Línguas

Escola Inglês e Espanhol - CCAA

Rua 7 de setembro, 1225 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 5699
Empréstimos

Matrix Empréstimos

Av. Manoel Murtinho, 1334 Centro - 79210-000 Anastácio/MS (67) 3245-0610
Ver Mais
Supermercado Seriema - 17/04/2021
2
Entre em nosso grupo