X
Estado

Governo do Estado garante ações de assistência social com investimento de R$ 9,3 milhões

O planejamento estratégico do Governo do Estado permitiu, que famílias sul-mato-grossenses, fossem atendidas com ações de assistência social mesmo em tempos de pandemia. Muitas Organizações da Sociedade Civil (OSC’s) contaram com os recursos investidos pela administração estadual em 2020.

No total R$ 9,3 milhões foram investidos em projetos de impacto social e soluções inovadoras para inclusão social, como por exemplo, projetos de enfrentamento a violação dos direitos da criança e do adolescente, em situação de acolhimento e projetos direcionados às famílias de dependentes químicos, no processo de reabilitação em Comunidades Terapêuticas.

Famílias foram atendidas em suas necessidades básicas com a doação de cestas básicas, e a alimentação das crianças e adolescentes beneficiadas pelos projeto CICA, cerca de 240, receberam lanches via drive thru.

Dados da Sedhast mostram que em 2018 foram beneficiadas 34 organizações, em 2019 mais 37 e neste ano, ao menos 42 OSC’s podem ser contempladas com os recursos. O montante investido saltou 21%, passando de R$ 1,9 milhão para R$ 2,3 milhões, e totalizam mais de R$ 6,5 milhões em três anos.

O empenho da equipe Sedhast também garantiu a continuidade das ações do programa Vale Universidade. Uma das adaptações necessárias, o tele-estágio, permitiu que os acadêmicos ficassem em casa e o supervisor encaminhava às demandas e eles executavam as atividades propostas.

No ano, mais de 2,4 mil atendimentos foram prestados para os beneficiários do Vale Universidade, estreitando ainda mais o acompanhamento de cada graduando. Somente nas renovações dos termos mais de 400 acadêmicos tiveram horários agendados para comparecerem na sede do programa na Capital. Todos os cuidados também foram mantidos como uso de máscaras e álcool em gel.

Já o Programa Rede Solidária manteve o trabalho de atendimento as famílias em situação de vulnerabilidade social. Somando mais de 79 mil atendimentos foram realizados até setembro deste ano, com ações se concentraram no acompanhamento dos usuários e famílias cadastradas, através de contato via telefone e quando necessário eram feitas visitas.

Também foram oferecidas oficinas on-line de danças, karatê, crochê, violão e capoeira.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Polícia Civil prende suspeitos de latrocínio em Ribas do Rio Pardo

Taxista foi assassinado e Corolla levado para Campo Grande

Esporte

Quadra poliesportiva da Donária recebe reforma completa em Bonito

Projeto Futuros Talentos inaugurou espaço

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo