15 de junho de 2021
Anuncie Aqui
-->
Geral

Líderes latino-americanos anunciam criação de um fundo contra a crise dos alimentos

25 ABR 2008 - 07h50min
cdb

Os líderes da Venezuela, da Bolívia, de Cuba e da Nicarágua anunciaram nesta quinta-feira a criação de um fundo de US$ 100 milhões (cerca de R$ 165 milhões) para combater o impacto da alta mundial nos preços dos alimentos sobre a população pobre da América Latina. A decisão foi anunciada em Caracas, durante reunião da Alternativa Bolivariana para as Américas (Alba), organização que reúne países latino-americanos contrários à Área de Livre Comércio das Américas (Alca).

Campanha Drogaria Aquidauana Institucional - 12

O fundo ajudaria a aumentar a produção de lavouras como as de arroz, feijão e trigo. Os representantes desses países também concordaram em criar programas conjuntos para promover o desenvolvimento da agricultura.


O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse aos outros líderes presentes - os presidentes da Bolívia, Evo Morales, e da Nicarágua, Daniel Ortega, além do vice-presidente de Cuba, Carlos Lage - "que é preciso criar uma rede de distribuição".


- Para não cairmos nas mãos de intermediários e especuladores, que impedem milhões de pessoas de receber comida - disse o anfitrião.


No entanto, não foram divulgados muitos detalhes do programa durante a reunião.


Crise


O alta nos preços dos alimentos vem provocando uma crise mundial. Em diversos países, como Haiti, Indonésia, Camarões e Egito, os aumentos provocaram revoltas populares recentemente.


Segundo os participantes do encontro em Caracas, um dos motivos da alta dos preços seria o aumento na produção de biocombustíveis, incentivado especialmente pelos Estados Unidos.


Chávez afirmou que a crise alimentar é a maior demonstração do fracasso histórico do modelo do capitalismo.


O presidente da Nicarágua disse que no ano passado o preço do arroz aumentou 70%, e o do trigo, 130%. Segundo Ortega, o impacto social desses aumentos já é sentido ao redor do mundo.


- Esta questão é realmente crucial para o futuro dos nossos povos, principalmente para as populações dos países mais pobres - disse Ortega.


África


Na África, ministros de Finanças anunciaram a criação de um fundo semelhante à iniciativa latino-americana, no valor de US$ 500 milhões. Metade desse valor seria usada para reduzir o impacto da alta dos preços dos alimentos, e o restante para aumentar a produção agrícola local.


Na terça-feira, a Organização das Nações Unidas (ONU) chamou a atual crise dos alimentos de um tsunami silencioso que ameaça arrastar 100 milhões de pessoas no mundo para a fome.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Símbolo das queimadas no Pantanal, onça pintada vira tatuagem que "encara" da pele de Rafa

2
Anastácio

Transexual assumida, Verônica viu o amor vencer ao ser chamada de neta

3
Geral

Em Aquidauana, motociclista foge de acidente sem prestar socorro à vítima

4
Geral

Confira quem pode se vacinar contra covid nesta semana em Aquidauana

Informe Publicitário

Informe

Carne Angus certificada é na Atlântico Supermercados

Previsão do Tempo

min18 max31

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min18 max31

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,05m
Miranda
1,88m
Paraguai
1,49m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Vou...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

AUTOESTIMA: FORTIFICÁ-LA!

Rosildo Barcellos

A Retomada de Corumbá

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Transportes

TONINHO

Rua Antonio Campelo, 1953 Bairro Serraria - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 6777 / 99
Moto Táxi

Moto Táxi Central

Rua Teodoro Rondon, 715 Centro - Ponto de referência: frente ao Mercado Ce - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2075
Hospitais/Postos de Saúde

FUNRURAL - Associação Beneficente Ruralista

Rodovia Aquidauana - CERA, Km 04, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241- 4123 / 32
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo