15 de outubro de 2021
Anuncie Aqui
Corumbá

MPF investiga vencimento de 5 milhões de comprimidos para diabetes em depósito da prefeitura de Corumbá

Relatório extraído do sistema da Secretaria Municipal de Saúde aponta o vencimento de metformina e glibenclamida, usados para o tratamento de diabetes tipo 2

20 SET 2018 - 15h37min
MPFMS

O Ministério Público Federal (MPF) em Corumbá (MS) instaurou procedimento para investigar o desperdício de medicamentos para diabetes por parte da secretaria de Saúde do município. O órgão ministerial teve acesso a uma lista de perdas extraída do sistema da própria Secretaria de Saúde, em 3 de setembro, que registra o vencimento de 1.444.280 comprimidos de metformina e 3.565.990 comprimidos de glibenclamida, usados para o tratamento de diabetes tipo 2.

Padaria e Mercearia Dois Irmãos - Institucional - Setembro21 - 02

No mês de agosto, o MPF realizou duas vistorias no almoxarifado da Secretaria de Saúde. Em uma delas foram contabilizadas 349 caixas de metformina (349 mil comprimidos) e 249 caixas de glibenclamida (1.349.250 comprimidos) com vencimento em agosto de 2018. Segundo o secretário de Saúde de Corumbá, Rogério dos Santos Leite, que acompanhou a vistoria, possivelmente tenha havido um “abuso” na compra pela gestão anterior, que teria utilizado um parâmetro inadequado na aquisição dos remédios. Ainda segundo Rogério, foi aberta sindicância para “apurar a responsabilidade na aquisição, bem como a responsabilidade por deixar o medicamento vencer sem a devida utilização”.

No entanto, o MPF também teve acesso a relatório elaborado pela auditoria do município de Corumbá, no qual consta a informação de que a atual gestão tem ciência, ao menos desde março de 2017, do excesso dos medicamentos glibenclamida e metformina em estoque. A Secretaria Municipal de Saúde, ciente do excedente de medicamentos, poderia ter adotado diversas medidas, como permuta ou doação para outros municípios, mas permaneceu inerte, ocasionando o desperdício de milhões de comprimidos.

Para o MPF, é extremamente preocupante a discrepância observada entre a quantidade de medicamentos vencidos constatada na vistoria e a informada no relatório extraído do sistema da Secretaria de Saúde. Segundo a procuradora da República Gabriela de Góes Tavares, essa discrepância suscita dúvidas a respeito da destinação dos medicamentos excedentes que não se encontravam no almoxarifado municipal no dia da vistoria realizada pelo MPF.

Ainda em agosto, o MPF contatou a secretária-adjunta de Estado de Saúde, Gyselle Tannous, a fim de relatar o ocorrido e solicitar auxílio na destinação do medicamento. Em resposta, a secretária-adjunta informou que, como a validade dos medicamentos expiraria em 31 de agosto, não seria possível distribui-los a outros municípios.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

Anastaciano vítima de homofobia na Capital tira a própria vida aos 27 anos

2
Geral

Previsão para hoje é de ventos fortes e tempestade

3
Aquidauana

Ventania destelha casa e põe árvore atravancando rua

4
Geral

Em "cena de filme", cobertura de posto da PRF é arrancada após ventania

Informe Publicitário

Informe

Drogaria Aquidauana: há 8 anos protegendo sua família

Previsão do Tempo

min22 max35

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min22 max35

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Superando...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

AI de ti, AQUIDAUANA!

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Advocacia

Sortica & Santos Associados / Ary Sortica dos Santos Junior

Rua Augusto Mascarenhas, 506 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3122/3241-
Médicos

Eliane Apda de B. M. Leal - Oftalmologista

Rua 7 de Setembro, s/nº Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2558
Telefones Úteis

Policia Civil - Delegacia Regional - DRPA

Luís da Costa Gomes, 555 Cidade Nova - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241- 8203
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo