23 de janeiro de 2021
Anuncie Aqui
-->
Geral

Preço do feijão já subiu 155% desde janeiro

10 DEZ 2007 - 10h03min
correio do estado

O preço médio do quilo do feijão carioca para o consumidor final, no período de janeiro a novembro deste ano, aponta aumento de 155%, de acordo com dados do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de Campo Grande. Em janeiro, pagava-se, em média, R$ 1,82 o pacote de 1 kg; hoje, está R$ 4,65. A justificativa para esse aumento é a redução do plantio da safrinha no Estado, aliada à seca no período.


De acordo com Idalino Gabriel Ciconini, que compra, beneficia e vende várias marcas de feijão no Estado, entre elas Paquito e Ciconini, o preço da saca nos meses de maio e junho variava entre R$ 50 e R$ 55. Nos últimos 90 dias, os reajustes foram constantes e hoje já acumulam mais de 80% e o preço da saca, na lavoura, pulou para valores entre R$ 200 e R$ 250. Idalino destaca que esse fenômeno já ocorre há vários anos, porém neste ano os aumentos foram antecipados e com percentuais maiores.


Ele enfatiza que no período da colheita da safrinha no Estado, os preços estavam baixos, não cobriam sequer os custos de produção. "O saco da semente custava R$ 150, porém o produtor conseguiu preço máximo de R$ 120 a saca de feijão".


Hoje, para suprir o mercado interno, o empresário busca feijão em todo o País, nos três estados do Sul e em São Paulo. Idalino acredita que a partir do mês de dezembro a tendência é de os preços voltarem ao normal e a partir de fevereiro, com a entrada da safra brasileira, os preços reduzam um pouco mais.


Por outro lado, com o aumento dos preços do feijão carioca, o feijão preto aumentou a venda em torno de 40% a 50%. Os preços estão bem abaixo do preço médio do feijão carioca, gerando em torno de R$ 3,60.


Consumidor
Já o consumidor sentiu no bolso o aumento dos preços do feijão carioca. Equipe de reportagem do Correio do Estado pesquisou os preços praticados nos supermercados de Campo Grande. O quilo do feijão varia, nesses locais, de R$ 3,69 a R$ 7,69, ou seja, 108%. Portanto, vale a pena pesquisar e, dependendo do local da compra, dois quilos do produto custam menos que o cobrado por um quilo em alguns supermercados.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Covid-19: empresária morre após uma semana internada no Hospital Regional

2
Aquidauana

Professor acusado de estupros é preso pela Polícia Civil de Aquidauana

3
Policial

PRF desarticula esquema de desvio de combustível em Anastácio

4
Aquidauana

Propriedades e ruas às margens do Rio Aquidauana começam a ficar alagadas

Vídeos

Após chuvas, árvore cai em cima do telhado de residência em Corumbá

Com período chuvoso intenso, rio Aquidauana sobe e chega a 5 metros

Após acidente de trânsito envolvendo carro e moto, vítima é levada para pronto socorro

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min22 max32

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min22 max32

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
7,84m
Miranda
4,05m
Paraguai
0,94cm

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Vou...

Raquel Anderson

Dialeto caipira, uma maravilha!

Mariana Thomé

Corrupção: o mal que deve ser inibido e que impede o ...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Auto Elétrica/Oficinas

J Pneus e Escapamentos

Rua Manoel Antônio Paes de Barros, 987 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3726 / Fax
Academias

Ativação

Rua José Bonifácio, s/n Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2109
Escolas de Línguas

Escola Inglês e Espanhol - PBF

Rua 15 de Agosto, 114 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 4633
Ver Mais
Supermercado Seriema 23/01/2021
Fale com a redação