23 de outubro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Geral

Projeto obriga preso a ressarcir gastos com sua manutenção

13 OUT 2007 - 12h55min
agência câmara

A Câmara analisa o Projeto de Lei 854/07, do deputado Neilton Mulim (PR-RJ), que obriga o condenado a pena restritiva de liberdade (ou o preso provisório) por crimes de tráfico ilícito de entorpecentes; participação em organização criminosa; e crimes contra a administração pública ou contra o sistema financeiro a ressarcir o Estado, mensalmente, pela quantia gasta pelo poder público para mantê-lo preso. A proposta altera a Lei de Execução Penal (Lei 7.210/84).


De acordo com Neilton Mulim, presos como os que cometem "crimes do colarinho branco" cumprem suas penas para, depois, usufruírem dos valores que a atividade criminosa lhes proporcionou, muitas vezes subtraídos do próprio poder público. O objetivo do projeto, segundo o deputado, é corrigir esse tipo de distorção. "Os custos de condenados por tais práticas delituosas são muito altos." Ele presume que o preso, nesses casos, tem condições financeiras para arcar com a sua estada na prisão.


Segundo o autor do projeto, a sociedade brasileira está atônita diante do grau a que chegou a criminalidade. "Há um debate já comum nos meios de comunicação sobre esse assunto, que passou a ser um tema político de altíssima relevância", afirma.


Ele ressalta que a falta de esperança da sociedade chegou ao seu limite extremo, e portanto é preciso que uma medida seja tomada com urgência para enfrentar o problema pela via legislativa.


Falta de regras


Na avaliação do deputado, uma das questões se refere exatamente ao modo com que o Estado deve lidar com os cidadãos encarcerados. Segundo ele, é fato de domínio público que a falta de regras claras contribui para piorar o estado das coisas. Ele considera inadmissível que os responsáveis pela insegurança da sociedade acabem sendo custeados pelo Erário.


Tramitação


O projeto será votado em Plenário. Ele tramita em conjunto com o PL 704/95, do deputado Ricardo Izar (PTB-SP), que tem teor semelhante. Ambos serão analisados pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Campo-grandense captura surubim de 140 cm no Rio Aquidauana

2
Anastácio

Ponte velha ficará interditada por tempo indeterminado a partir do dia 26

3
Aquidauana

Richard Rasmussen vem ao Pantanal para iniciar expedição pelos biomas brasileiros

4
Aquidauana

Vídeo: Poste pega fogo durante curto-circuito e derruba luz e internet em Aquidauana

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max32

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min23 max32

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,22m
Miranda
1,52m
Paraguai
(-) 31

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Vou...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"A IMITAÇÃO DA ROSA"

Rosildo Barcellos

Poluição como questão de saúde pública!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Bancos

Banco Bradesco

Rua 7 de Setembro, 770 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-1556 / 324 www.bradesco.com.br
Ponto de Táxi

Ponto de Táxi Nº 7

Rua Estevão Laves Correa, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3422
Hospitais/Postos de Saúde

Posto de Saúde Familiar Nova Aquidauana

R. Timóteo Proença, s/nº - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4596
Ver Mais
Fale com a redação