20 de outubro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Geral

Sem acordo, bancários deflagram greve

29 SET 2007 - 10h10min
dourados agora

O Comando Nacional dos Bancários encerrou ontem a décima rodada de negociação com os banqueiros sem avanços na pauta de reivindicações e prometem deflagrar greve por tempo indeterminado a partir do dia 3 de outubro, "em retaliação à rigidez dos patrões".


A categoria, que reinvidica aumento salarial de 10,3%, obteve contra-proposta de 5,2% em substituição aos 4,82% anteriores. De acordo com o presidente do Sindicato em Dourados, Joacir Rodrigues de Oliveira, o percentual está muito aquém do que pleiteiam os bancários de todo país. No entanto, apesar da disposição dos sindicatos em propor uma greve por tempo indeterminado a partir da próxima quarta-feira, o novo índice oferecido pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) será levado à votação em assembléias marcadas para o dia 2.


De acordo com nota emitida ontem pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT), dificilmente a proposta vai passar pelas assembléias. Isto porque, além do reajuste a categoria também reivindica participação nos lucros e resultados de dois salários mais valor adicional de R$ 3.500, piso salarial de R$ 1.628,24, plano de cargos e salários em todos os bancos, 14º salário, cesta alimentação de R$ 380, 13ª cesta alimentação, auxílio-creche/babá de R$ 380, auxílio-educação para todos, e remuneração variável.


"Os bancos aumentaram sua lucratividade do ano passado para cá e não querem repassar nada para os funcionários.
Deixamos claro que a atual proposta é inaceitável. Eles estão provocando. Se essa é a única linguagem que entendem, vamos nos organizar e fazer greve por tempo indeterminado a partir do dia 3 de outubro. Eles conhecem nossas propostas desde agosto, mas estão radicalizando e não querem negociar com seriedade. Querem pagar, proporcionalmente, menos que o ano passado e não aceitam mexer em nada", diz Vagner Freitas, presidente da Contraf-CUT.


Ontem, em Dia Nacional de Protesto por 24 horas, os bancos não abriram em Dourados. Apenas o auto-atendimento funcionou. Conforme o sindicato, apenas as duas agências do Bradesco acabaram atendendo o público por conta de um interdito judicial. "Os funcionários foram acionados pela gerência a retomar aos postos de trabalho", conta Joacir de Oliveira.


Segundo ele, na próxima segunda e terça-feira as agências vão atender normalmente. Mas a partir de 3 de outubro, caso a greve seja aprovada, a população vai enfrentar sérios problemas para quitar compromissos no início do mês. Para o comércio, que já começou a contratar funcionários temporários e se prepara para intensificar as vendas de final de ano, a greve dos bancários chega em hora errada.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Charges

Triste

2
Anastácio

Foragido é preso pela PM dentro de casa abandonada em Anastácio

3
Aquidauana

Idoso é preso por dirigir embriagado no centro de Aquidauana

4
Policial

Após ter R$ 5 mil furtados, mulher volta a ser alvos de bandidos em menos de 1 mês

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max34

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min23 max34

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,83m
Miranda
1,38m
Paraguai
(-) 30

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Ainda...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"O LÍDER"

Mariana Thomé

Home oyster: você sabe o que é?

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escolas Estaduais

Escola Estadual Candido Mariano

Rua Candido Mariano, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3472
Restaurantes

Churrascaria Princesa do Sul

Rua Manoel Antonio Paes de Barros, 943 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3946
Bares/Panificadoras/Lanchonetes

Cacimba Sorveteria

R. Manoel Antônio Paes de Barros, 616 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-6272
Ver Mais
Fale com a redação