27 de janeiro de 2021
Anuncie Aqui
-->
Bela Vista

Sem água e eletricidade: peões eram mantidos como escravos em fazendas

Alguns deles viviam no local há mais de 10 anos em condições degradantes

16 OUT 2019 - 13h53min
Midiamax

Trabalhadores brasileiros e paraguaios foram resgatados de fazendas em Caracol e Bela Vista, onde viviam em condições degradantes, similares à escravidão. Sem água potável para beber, uma cama para dormir e até sem saneamento básico, os peões viviam nas fazendas por até uma década.

Segundo informações do MPT (Ministério Público do Trabalho) de Mato Grosso do Sul, a fazenda possuía seis trabalhadores sem registro de trabalho, sendo que quatro estavam presentes na hora da inspeção. A fiscalização foi feita pelo MPT, pela Superintendência Regional do Trabalho e ainda recebeu apoio da PMA (Polícia Militar Ambiental).

No local, os fiscais encontraram uma série de irregularidades e condições degradantes. Os trabalhadores não tinham cama e tinham que fazer necessidades fisiológicas no mato. Sobre a água utilizada para o consumo, para cozinhar e também para tomar banho, a única fonte utilizada era um córrego localizado próximo ao alojamento.

Os problemas encontrados na fiscalização são muitos e a lista chega a 18 irregularidades em relatório feito pelo MPT. Os funcionários não tinham onde armazenar os alimentos e também não tinham energia elétrica.

O auditor fiscal do trabalho André Kempf participou da visita à fazenda em Caracol e conta que dos seis trabalhadores resgatados, dois eram brasileiros e quatro eram paraguaios. Eles desempenhavam funções de reparo e construção de cercas.

Uma das questões mais degradantes encontradas no local foi a condição da água. “Eles usavam a água de um córrego, que também era utilizado pelos animais da fazenda. Essa água não era potável. Além disso, nem era um córrego mesmo, devido à seca, sobrou apenas um ‘filete’ de água”, contou.

Já na fazenda localizada em Bela Vista, sete trabalhadores foram resgatados, sendo que dois eram paraguaios. Assim como em Caracol, não havia banheiro, os funcionários moravam em barracos improvisados e não havia higiene para a preparação dos alimentos.

Kempf explica que as condições de vida eram até piores do que na primeira fazenda. “Eles estavam trabalhando no local há menos tempo, mas a situação era pior. Viviam em barracos de lona e estavam na fazenda para fazer corte de madeira”, conta.

No caso da fazenda de Bela Vista, o proprietário já pagou os direitos trabalhistas e verbas rescisórias. Já o proprietário da fazenda de Caracol está em negociação com o MPT para o pagamento dos direitos dos funcionários. De acordo com ata de audiência, foi feito contato via telefone com o proprietário, que se recusou a quitar as verbas relativas a todo o período trabalhado, assim como os valores devidos por dano moral individual.

Diante do impasse, o MPT propôs o pagamento dos últimos cinco anos trabalhados, ficando as outras questões para discussão em sede judicial. Entretanto, ele teria preferido judicializar toda a questão.

Alimentos eram armazenados sem condições de higiene e não havia eletricidade. (Foto: MPT-MS)Funcionários bebiam água e tomavam banho em um córrego quase seco. (Foto: MPT-MS)
 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Idoso é encontrado debilitado e desnutrido em casa em Aquidauana

2
Aquidauana

Aquidauanense de 18 anos participa de competição nacional de melhor barbeiro

3
Geral

Confira as oportunidades da Casa do Trabalhador de Aquidauana

4
Geral

Após 55 dias internado por conta da Covid-19, seu Oto recebe alta e se recupera junto da família

Vídeos

Após chuvas, árvore cai em cima do telhado de residência em Corumbá

Com período chuvoso intenso, rio Aquidauana sobe e chega a 5 metros

Após acidente de trânsito envolvendo carro e moto, vítima é levada para pronto socorro

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min24 max34

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min24 max34

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
5,64m
Miranda
7,46m
Paraguai
1,26cm

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

A...

Mariana Thomé

Corrupção nas empresas: o que o compliance tem a ofer...

Raquel Anderson

Dialeto caipira, uma maravilha!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escolas de Línguas

Escola Inglês e Espanhol - CCAA

Rua 7 de setembro, 1225 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 5699
Telefones Úteis

Detran

Rua Jose Alves Ribeiro, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 1187/2210
Pesqueiros

Pesqueiro do Dinho

Distrito de Piraputanga, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 99121345
Ver Mais
Fale com a redação