X
Geral

Terremoto de magnitude 7,2 atinge centro do Chile e provoca alerta de tsunami

Tremor ocorre pouco antes da posse do novo presidente em Valparaíso. Abalo de magnitude 8,8 e ondas gigantes mataram 802 em 27 de fevereiro.

Um forte tremor secundário abalou Santiago do Chile na manhã desta quinta-feira (11), 12 dias depois de um abalo de magnitude 8,8 ter destruído regiões do país e matado ao menos 802 pessoas. A Marinha do país emitiu um alerta de tsunami (ondas gigante) para a costa.

O tremor desta quinta ocorreu poucos minutos antes do início da cerimônia de posse do novo presidente chileno, Sebastián Piñera, marcada para 12h na cidade portuária de Valparaíso, onde fica o Congresso.

O alerta de tsunami vale para a região de Valparaíso. O Escritório Nacional de Emergência (Onemi) pediu que a saída das pessoas da costa seja feita "com calma". Segundo o órgão do governo, não há relato imediato sobre novas vítimas e danos.

O abalo ocorreu às 11h39 locais (mesmo horário de Brasiília) e foi avaliado em magnitude 7,2, segundo o Centro de Pesquisas Geológicas dos EUA. O epicentro localizou-se na região chilena de Libertador O'Higgins, a 10 km de profundidade, e a 124 km a oeste-sudoeste da capital.

O tremor foi sentido durante 45 segundos na capital. As primeiras informações são de que, em Santiago, ele teve intensidade 6 na escala de Mercalli, que vai até 12.

Apesar de a Marinha chilena ter emitido o alerta, o norte-americano Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico não deu alarme.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni

Lista de pré-selecionados atrasou quatro dias

Corumbá

Homem é preso após invadir casa da ex e agredir o namorado dela

Ele foi levado para a 1ª Delegacia de Polícia Civil, onde o caso foi registrado como lesão corporal dolosa

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo