27 de julho de 2021
Anuncie Aqui
Meio Ambiente

TJ nega pedido para desmate de área do tamanho de Aracaju no Pantanal

Território soma 11,5 mil hectares e fica na BAP (Bacia do Alto Paraguai)

7 NOV 2019 - 15h12min
CGNews

O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negou recurso do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) que pedia liberação para desmatamento de 11,5 mil hectares da Fazenda Santa Glória, situada ao norte de Corumbá, na BAP (Bacia do Alto Paraguai). A área equivale ao perímetro urbano de Aracaju, capital de Sergipe, onde vivem 650 mil pessoas.

Campanha Supermercado Atlântico_Terça 02

No dia 16 de outubro, o Imasul havia solicitado que os efeitos de liminar que permitiu o desmate de aproximadamente 20 mil hectares em outra propriedade no Pantanal, a Fazenda Santa Mônica, fossem estendidos para a Santa Glória.

A resposta negativa veio duas semanas depois e partiu do presidente do TJMS, desembargador Paschoal Carmello Leandro, que vai apreciar o mérito do recurso do Imasul após julgamento de agravo interno interposto pelo MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul).

A Santa Glória é de propriedade da Majora Participações Ltda., que ainda teve contestada pelo MPMS o processo de licenciamento ambiental para supressão vegetal e substituição de pastagens na Fazenda São Sebastião, também na BAP. Nos dois casos, a juíza Luiza Vieira de Sá Figueiredo suspendeu as licenças expedidas pelo Imasul.

No pedido para liberação do desmate de 11,5 mil hectares, o procurador de Entidades Públicas de Mato Grosso do Sul, Sydney Aguilera, defendeu que a ação envolvendo o pedido de supressão vegetal na Santa Glória “é similar” ao realizado no processo que tratou da Fazenda Santa Mônica, iniciado em novembro de 2017.

Na ação civil pública acerca da Santa Glória, o MPMS apontou “falhas e omissões graves” no EIA (Estudo de Impacto Ambiental) e no licenciamento realizados em 2016.

O EIA e o PBA (Plano Básico Ambiental) da fazenda relatam que seriam suprimidos 2,9 mil hectares de vegetação arbórea e substituídos 8,6 mil hectares de pastagens nativas, a fim de converter o uso do solo para pecuária.

Os documentos ainda previam aproveitamento de 117,4 mil metros cúbicos de material lenhoso e a sapecagem (queima controlada) de 2,8 mil hectares.

Exótica - A Santa Glória tem área total de 21,5 mil hectares. Segundo argumentação do MPMS, com apenas um pedido de substituição e supressão de vegetal nativa, 52,3% da fazenda seria convertida em pastagem exótica em apenas quatro anos.

De acordo com mapa apresentado pelo Programa de Ações Estratégicas para o Gerenciamento Integrado do Pantanal e da Bacia do Alto Paraguai, a Santa Glória fica em área prioritária para conservação da biodiversidade aquática, denominada de Corixão.

 

 

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

Julho termina com intensa massa de ar polar; saiba quais serão os dias mais frios

2
Miranda

Mulher finge querer pagar boleto e denuncia violência doméstica em Miranda

3
Geral

Confira as oportunidades da Casa do Trabalhador de Aquidauana

4
Anastácio

Dono oferece R$ 500 para quem encontrar cachorro

Informe Publicitário

Informe

Em novíssima sede, Ultragaz dá mais força à sua chama

Previsão do Tempo

min13 max30

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min13 max30

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,94m
Miranda
1,77m
Paraguai
1,17m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Mais...

Rosildo Barcellos

Aruanã Etô – É o lugar das máscaras !

Gabriel Novis Neves

A GRATIDÃO TAMBÉM É VIRTUDE ETERNA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Telefones Úteis

Policia Civil - Delegacia Regional - DRPA

Luís da Costa Gomes, 555 Cidade Nova - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241- 8203
Médicos

Viviane A. N. Contente - Nefrologista

Manoel Antonio Paes de Barros, 844 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-8816
Pousadas

Pousada Carandá

Estrada da Margem Esquerda, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 321-5406 / 321- http://www.baraua.com.br/pousada_caranda.htm
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo