15 de maio de 2021
Anuncie Aqui
-->
Estado

UFMS e WWF-Brasil assinam Acordo de Cooperação pela preservação do Pantanal

4 MAI 2021 - 16h42min
Assessoria de Comunicação
A UFMS e a WWF-Brasil – Fundo Mundial Para a Natureza assinaram um Acordo de Cooperação para avaliar o efeito do fogo na Biota do Pantanal sul-mato-grossense e fortalecer a produção de informações técnicas para subsidiar políticas públicas de manejo integrado do fogo, com o objetivo de responder questionamentos relacionados aos impactos às populações mais afetadas.
 
Assinado pelo reitor Marcelo Turine e pelo advogado Fernando Antunes Caminati e a procuradora Cynthia Bezerra Coutinho, ambos representantes da WWF-Brasil, o Acordo de Cooperação visa a conjunção de esforços entre os partícipes na execução do projeto de pesquisa Projeto Noleedi – “Efeito do fogo na biota do Pantanal sul-mato-grossense e sua interação com os diferentes regimes de inundação”, coordenado pelo professor do Instituto de Biociências da UFMS e do Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação, Danilo Bandini Ribeiro.
 
O Projeto Noleedi é uma iniciativa da UFMS e do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo/Ibama), aprovada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que está pesquisando os efeitos do fogo no Cerrado e no Pantanal. Iniciado em 2018, o projeto é executado na Terra Indígena Kadiwéu, que possui cerca de 540 mil hectares localizados no norte do município de Porto Murtinho, sudoeste de Mato Grosso do Sul.
 
“O objetivo é entender a interação do fogo com os diferentes níveis de inundação na biodiversidade da região. A gente quer saber como esses dois fatores, que são tão importantes no Pantanal, atuam na biodiversidade”, explica o professor Danilo.
 
De acordo com o diretor da Agência de Internacionalização e de Inovação (Aginova), professor Saulo Gomes Moreira, viabilizar parcerias com instituições públicas, privadas ou organizações é uma estratégia importante da UFMS para potencializar os resultados dos seus projetos institucionais, sejam eles de pesquisa, de extensão, de desenvolvimento tecnológico ou de inovação. “A parceria com a WWF-Brasil, que é uma organização com ações consolidadas relacionadas as causas ambientais, só vai trazer mais benefícios para toda a sociedade, à medida que os resultados deste projeto de pesquisa desenvolvido conjuntamente poderão ser incorporados até mesmo por políticas públicas importantes, contribuindo para a preservação do nosso Pantanal”, ressalta.
 
Segundo o professor Danilo, a WWF-Brasil “veio para apoiar o levantamento de aves e mamíferos da região e o efeito do fogo e da inundação nesses dois grupos. Como a gente vive um momento de redução dos orçamentos para pesquisa, a parceria é muito importante porque a gente vai ter esse componente do nosso projeto bem estudado. Esperamos que essa parceria possa se estender para outras ações”, comenta.
 
De acordo com Danilo, o Projeto Noleedi possui um mapa atualizado da vegetação, assim como um histórico de área de fogo e área queimada no Território Indígena Kadiwéu nos últimos 20 anos. Com esses dados, foi possível verificar o efeito do manejo do fogo na ocorrência dos incêndios. “Desde 2009, o Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais, que é nosso parceiro no projeto, atua na Terra Indígena Kadiwéu, e desde que eles começaram a atuar, o número de incêndios e área queimada diminuiu na região. Além disso, o efeito do clima na ocorrência dos incêndios também ficou menor a partir desse início de atuação do manejo integrado do fogo na região”, conta o professor.
 
A Universidade irá executar o projeto de pesquisa em todas suas fases: planejamento do estudo, coleta de dados em campo, organização e análise dos dados, elaboração de relatórios técnicos, apresentação dos dados em artigos científicos e palestras. A instituição também fornecerá estrutura logística para a pesquisa, como transporte, alimentação, equipamentos, material de consumo, entre outros, conforme disponibilidade. Já a WWF-Brasil deverá contratar um consultor ambiental para atuar no projeto com a coleta de dados em campo e elaboração dos relatórios técnicos dos grupos de aves e mamíferos de médio e grande porte.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Prisão de trio que furtava e carneava gado de raça tem ataque com faca e tiros em Aquidauana

2
Policial

Após criança de 7 anos reclamar de dor, mãe descobre estupro e pai é preso

3
Geral

Bolsonaro almoça churrasco e volta a Brasília depois de 4 horas em MS

4
Policial

Queda de avião na região de São Gabriel do Oeste, matou primos do Rio Grande do Sul

Informe Publicitário

Novidade!

Alambique São João lança a Cachaça Premium Rainha do Pantanal

Previsão do Tempo

min19 max30

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min19 max30

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,09m
Miranda
2,10m
Paraguai
1,69m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Os...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

5 De Maio Dia Internacional Da Língua Portuguesa

Rosildo Barcellos

Indizíveis Vicissitudes

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Pousadas

Fazenda Pantanal

Nhecolândia, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-8312 / 998 www.fazendapantanal.com.br
Transportes

BAIANINHA

Rua Estevão Alves Corrêa, 3116 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 4445 / 995
Ponto de Táxi

Ponto de Táxi Nº 4

Rua Estevão Laves Correa, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2410
Ver Mais
Supermercado Seriema - 15/05
2
Entre em nosso grupo