06 de maio de 2021
Anuncie Aqui
-->
Aquidauana

Um mês após perder esposa e filho, Elciney tenta na justiça provar negligência do Hospital Regional

12 ABR 2021 - 16h00min
Cristiano Arruda e Rhobson Lima

Há exato um mês Elciney Paiz Flores, busca por justiça aos culpados pela morte do filho e da esposa, grávida na época. Morador da aldeia Ipegue, ele procurou o Hospital Regional de Aquidauana, após a mulher apresentar sangramentos e fortes dores na região da barriga.

Ao O Pantaneiro ele contou que a mulher Ruth, que era pedagoga, estava grávida e no dia 12 de março deu entrada no hospital, foi atendida e então informaram que ela precisava ser encaminhada para a capital. Uma médica que acompanharia a família na viagem realizou um exame mais complexo e disse ao pai que não sentia os batimentos cardíacos da criança, e que era protocolo ouvir os mesmos para saber se a criança estava viva ou não.

Diante da situação, segundo Elciney, a equipe médica foi atrás de um operador de ultrassom, mas sem sucesso. Eles precisaram aguardar até o dia seguinte, quando o profissional chegou e realizou e exame, “Era tarde demais, ao fazerem os exames o coração do bebê já não batia mais e minha esposa precisou passar por uma cirurgia para a retirada da criança”, afirma.

Durante a cirurgia, ele a todo momento tentava saber se Ruth estava bem, ela chegou a ser transferida para o quarto, mas não resistiu e morreu. Ao pai, os médicos disseram que a mulher teve uma Pré-eclâmpsia e não conseguiram salvá-la.

Indignado, ele conta que no momento, buscou suporte em Deus e nos filhos, “busquei forças em Deus e nos meus filhos para aguentar esse momento”, contou. 

À reportagem Elciney afirmou que mesmo após a morte da esposa e do filho, o hospital não deu suporte nenhum à família e um mês depois após o ocorrido ele busca justiça por negligência. 

“Minha esposa e meu filho estariam vivos agora comigo aqui, se tivessem feito a ultrassom nela, naquele momento”, conta o pai devastado.

Nós conversamos com o assessor jurídico do Hospital Regional Doutor Estácio Muniz, o advogado Aluisio Caceres Paes, que disse que o hospital está tomando as devidas providências administrativamente para apurar se houve irregularidade ou não no caso.

"Era na simplicidade que a gente sorria...Hoje dói a saudade." Escreveu o esposo em uma publicação no Facebook.

 
 

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

Professor Ivan Arruda se torna mais uma vítima da Covid-19

2
Policial

PMA autua morador em R$ 5 mil em Anastácio

3
Geral

Confira as oportunidades da Casa do Trabalhador de Aquidauana

4
Geral

Na Bolívia, homem é queimado vivo e mulher espancada por moradores de comunidade de Potosí

Informe Publicitário

Informe

Com 30 anos no mercado, Atlântico Super Center inaugura filial em Aquidauana

Previsão do Tempo

min12 max20

Aquidauana

Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.
min12 max20

Anastácio

Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,18m
Miranda
3,43m
Paraguai
1,74m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Um...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

5 De Maio Dia Internacional Da Língua Portuguesa

Rosildo Barcellos

Indizíveis Vicissitudes

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Supermercados

Supermercado Princesa 1

Sete de Setembro, 1750 Bairro Guanandy - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2083
Escolas Estaduais

Escola Estadual Coronel José Alves Ribeiro - CEJAR

Rua Estevão Alves Correa, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 6029/2226
Auto Elétrica/Oficinas

Oficina Brasil

Pandia Calogeras, 841 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3574
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo