16 de setembro de 2021
Anuncie Aqui
Internacional

Joseph Lambert é nomeado presidente interino do Haiti

Nome de Lambert, chefe da Câmara Alta, foi aprovado pelo Senado

10 JUL 2021 - 16h40min
Agência Brasil

O Senado haitiano nomeou Joseph Lambert, atual chefe da Câmara Alta, como presidente interino do Haiti e negou a autoridade do primeiro-ministro interino, Claude Joseph, que se encontra no poder desde o assassinato de Jovenel Moise.

Padaria e Mercearia Dois Irmãos - Institucional - Setembro21 - 02

A resolução, assinada por oito dos dez senadores que ainda estão ativos, diz que Claude Joseph foi afastado do cargo na segunda-feira (5), no último decreto assinado por Moise antes do seu assassinato na quarta-feira (7).

A resolução afirma que Lambert assumirá o cargo de chefe de Estado até 7 de fevereiro de 2022, data em que terminaria o mandato de Jovenel Moise. Sua primeira tarefa será criar um governo com a missão de organizar eleições.

De acordo com o texto, Claude Joseph não pode exercer as funções de primeiro-ministro desde segunda-feira passada, quando o presidente Moise nomeou Ariel Henry para o cargo por decreto, mas ele não foi empossado antes da morte do presidente.

Após o assassinato, Claude Joseph foi colocado no comando do governo, apoiado pela polícia e pelo Exército, e recebeu o apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), dos Estados Unidos e de outros países para exercer as funções.

O Senado é o único órgão do país com funcionários eleitos, mas desde janeiro de 2020 não tem poderes para tomar decisões devido à falta de quórum.

A Câmara dos Deputados e dois terços do Senado deveriam ter sido renovados em 2019, mas as eleições foram adiadas devido à instabilidade política que o país atravessava naquele momento, o que levou ao encerramento da legislatura.

As autoridades haitianas disseram que pediram ajuda aos Estados Unidos e às Nações Unidas, para que enviassem tropas a fim de garantir a segurança em locais estratégicos, como portos, aeroportos, terminais petrolíferos e setor de transportes.

O assassinato do presidente haitiano, em sua residência, desestabilizou ainda mais o país mais pobre do continente americano, e levou o governo haitiano a declarar estado de sítio por um período de 15 dias.

Magnatas e ex-senadores interrogados

Um procurador do Haiti convocou dois magnatas, Réginald Boulos e Dimitri Vorbe, e os antigos senadores da oposição Youri Latortue e Steven Benoît para prestarem depoimento sobre a morte do presidente.

Os quatro, conhecidos opositores de Jovenel Moise, foram convocados para a próxima segunda-feira (12) pelo procurador Bed-Ford Claude, do Tribunal de Primeira Instância de Porto Príncipe.

O procurador convocou também quatro chefes da polícia e militares responsáveis pela segurança de Moise. 

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Antes de roubarem aviões, criminosos se divertem em rio e até vão à "zona"

2
Turismo

Com maior "barrigão", sucuri impressiona ao digerir animal nas águas de Bonito

3
Anastácio

Após perder o freio, caminhão bate e destrói frente de carro

4
Geral

Acidente com quadriciclo mobiliza ação do Corpo de Bombeiros

Informe Publicitário

Informe

De loja nova, Soffi Cosméticos vai dar um up na sua beleza

Previsão do Tempo

min21 max36

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min21 max36

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Até...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

ENTARDECERES

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Transportes

Viação ANDORINHA

Rua Estevão Alves Corrêa, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2158/241 1
Médicos

Aldemir Fernandes Filho - Clinico Geral

Rua Manuel Antonio Paes de Barros, 606 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2630
Telefones Úteis

IBGE

Rua Nelson Felicio dos Santos, 205 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3408
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo