19 de setembro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Memórias Pantaneiras

Afetos

21 AGO 2020 - 09h30min
Raquel Anderson

Compadre Jaime morava no Pantanal, por isso carregava doçuras no seu olhar, carinho imenso no sorriso, o aperto de mão firme, que expressava companheirismo, lealdade, solidariedade e uma capacidade de ouvir que só a gente pantaneira possui.
Suas vindas à Aquidauana davam-se, no máximo, três vezes ao ano, quando precisava suprir algumas poucos itens inexistentes no Pantanal para sua sobrevivência.
Vir para a cidade, naqueles tempos, era um acontecimento, era preciso apresentar-se para todos com a melhor roupa, barba feita, bigode aparado, cabelo cortado, então, a primeira providência era visitar o Seo Jarbas, barbeiro.
Depois o resto, distribuir ovos, carnes, melado e frutas, presentes oferecidos aos familiares e amigos mais próximos.
Compadre Jaime adorava comprar caramêlos, assim mesmo que todos diziam, caraMÊlos (balas) para distribuir para a criançada, além de nos colocar no colo e nos por dentro do seu jeep Willys quatro portas, uma grande emoção, para dar voltas na cidade e chuparmos picolé no bar do Sr Falcão. Picolé de groselha e de banana eram os preferidos. Isso mesmo o convite era feito assim, em Aquidauana:
Vamos chupar picolé?!
Um dia era reservado para ir ao cine Glória.
Uma torcida para pegar um baile no Feminino durante sua estadia na cidade.
No decorrer da semana, compadre Jaime aparecia, convidando a comadre para ir ao centro da cidade fazer compras ou tão somente para dar um rolê e ver as novidades. A comadre, faceira que só, ia com gosto apresentar tudo, na Casa Minerva, no Magazine Central, Casa Arima, Bazar Cliper, Casa Branca, Casa, São Paulo, Casa São Jorge, Foto Central, Loja Status, Nico’s Boutique, na Loja Oriente, no Fauto’s Magazan, Casa Bom Gosto, Livraria Brasil, Casa Portuguesa, Casa Tamashiro, Casa Colombo e como não poderia faltar, Bar do Donato, Bar do Manhuca, bar do Obejaci e pastel no Mercado Municipal.
Eram dias de saídas, risadas, alegrias, bate papos, diversão e algumas poucas compras, mas a comadre fazia questão de levar o compadre em quase todos os estabelecimentos comerciais.
A tarde, depois da sestteada, o compadre valia-se dos afazeres do universo masculino, visitava as Selarias do Honório, do Araújo, do Douglas, do Odair, do baiano, do Dorival, do Jairo do Leandro e quantas mais tivessem na cidade. Uma revisão no jeep na oficina do Seo Lírio e uma boa lavada no jeep no Caçapava.
Nos dias que o compadre sumia, a comadre, dando risadas, dizia:
Hoje ele foi visitar a Chica!
O compadre de cá, fazia cara de paisagem e a comadre ficava de olho nele.
A noite o compadre voltava com os bolsos cheios de caramêlos e dizia, todas as vezes que chegava:
Aquidauana tá em paz, compadre?
O compadre, respondia:
Aquidauana tá em paz!
Era um ritual, um mantra, com um jeito sagrado e afetuoso de demonstrar cuidado e preocupação com sua gente.
Um dia o compadre adoeceu, foi em tudo que era benzedeira, mas precisou ir para Campo Grande fazer uma cirurgia… pegou a litorina, acenou da janela com o lencinho branco com os monogramas JM e nunca mais voltou….

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Confira a lista de candidatos a vereador pelo PT em Aquidauana

2
Aquidauana

Confira mudanças: Decreto promove flexibilização no comércio em Aquidauana

3
Geral

CONFIRA: Após estiagem de um mês, previsão indica chuva para Aquidauana

4
Saúde

Com novo boletim, Aquidauana registra 52 óbitos e 1555 casos confirmados de Covid-19

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min22 max35

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min22 max35

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
1,83m
Paraguai
1,01m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Digo...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"PEÇO HUMILDEMENTE PARA EXISTIR..."

Rosildo Barcellos

A poesia é a concretude de Deus

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Farmácias e Drogarias

Farmácia Marialva

Rua Estevão Alves Correa, 2097 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 4526/3992
Pesqueiros

Pesqueiro do Dinho

Distrito de Piraputanga, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 99121345
Escolas Municipais

Escola Municipal Erso Gomes

, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 5045
Ver Mais
Supermercado Siriema
Fale com a redação