Geral

Contra fechamento de comarcas, centenas realizam passeata em Campo Grande

Além do não fechamento, foi pedido mais agilidade por parte da Justiça.

26/07/2013 06:18


Cerca de 800 pessoas e quatro prefeitos de cidades do interior participaram ontem (25) em Campo Grande da Caminhada pela Justiça. O evento foi realizado para impedir que sejam fechadas as comarcas de Angélica, Dois Irmãos do Buriti, Deodápolis, Anastácio, Batayporã, Rio Negro e Itaporã, anunciadas pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJMS).
 
A passeata seguiu até a frente do TJMS, onde os manifestantes leram e entregaram uma carta com outras reivindicações ao presidente do órgão, Joenildo de Souza Chaves.
 
Além do não fechamento, foi pedido mais agilidade por parte da Justiça; transparência nas contas públicas; combate à corrupção; fim da impunidade, principalmente a crimes ligados a ?pistolagem?; e maior combate ao tráfico de influência.
 
A caminhada foi organizada pela Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), com o apoio da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul) e outras 23 instituições.
(Com informações do Midiamax)

redação