Com goleada sobre o Pantanal, Azulão se aproxima de vaga na fase decisiva

Aquidauanense segue com 100% de aproveitamento na Série B. Próximo desafio será em casa.

14/09/2015 07:50


Debaixo de muita chuva, o Aquidauanense conquistou uma grande goleada sobre o Pantanal de Ladário, por 4 a 0, no último sábado (12), no Estádio Arthur Marinho, em Corumbá, pela terceira rodada da Série B do Campeonato Sul-Mato-Grossense.
 
Muito superior tecnicamente, a equipe do treinador Mauro Marino não teve dificuldades para impor o seu jogo no excelente gramado da cancha corumbaense, que suportou bem a água e fez com que a bola corresse normalmente.
 
Os gols da vitória do Azulão foram marcados por Kéverson e Wellisson, no primeiro tempo, e Peu e Índio, na etapa complementar.
 
De acordo com o jornal local Diário Corumbaense, o público presente foi de 108 pessoas, incluindo a caravana de torcedores do Aquidauanense que viajou até Corumbá e fez uma grande festa no Estádio Arthur Marinho.
 
Com o triunfo em Corumbá, o time da Princesa do Sul mantém os 100% de aproveitamento e lidera o grupo A, com nove pontos - próximo de conseguir uma vaga na segunda fase. O segundo colocado da chave é o Operário, com seis pontos, que venceu o Campo Grande pelo placar de 2 a 1, deixando o adversário com três pontos, na terceira posição. Sem pontuar, o Pantanal de Ladário ocupa a lanterna.
 
Pelo regulamento da FFMS, todas as equipes se enfrentam dentro dos próprios grupos, em partidas de ida e volta. Os dois primeiros de cada chave avançam para a fase final, com todos se enfrentando, turno e returno. O time que mais pontuar será o campeão e garante lugar na primeira divisão de 2016, assim como o vice-campeão.
 
O próximo desafio do Aquidauanense está marcado para sábado (19) e será em casa, às 15 horas, diante do Campo Grande, no Estádio Municipal Mário Pinto de Souza, o Noroeste. Com uma vitória, o Azulão garante matematicamente uma vaga na fase decisiva, já que não poderá mais ser alcançado pelo próprio Campo Grande - faltarão apenas dois confrontos para o término da primeira fase e o adversário só poderá chegar a nove pontos.

da Redação - Aníbal Placêncio