Exército treina Força de Paz nas ruas de Aquidauana e Anastácio

Tropa vai para a Missão de Paz no Haiti. Treinamento termina nesta semana.

26/10/2015 08:50


Militares do Exército Brasileiro realizam um treinamento de preparação para a Minustah (Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti), nas ruas de Aquidauana e Anastácio, durante este mês de outubro. O efetivo que está sendo treinado é o da Braengcoy (Companhia de Engenharia de Força de Paz), que compõe o Contbras (Contingente Brasileiro de Foça de Paz). Durante seis meses de missão no país, a tropa buscará contribuir para a manutenção do ambiente seguro e estável no Haiti, auxiliando nos trabalhos de Engenharia da Minustah.
 
Dos cerca de 1600 militares voluntários inscritos para a missão pela Companhia, apenas 130 foram selecionados para esta fase de Preparo Centralizado. Reunidos no 9º BE Cmb (Batalhão de Engenharia de Combate), 120 irão embarcar para substituir o atual contingente que se encontra na Missão. Entre os 130 voluntários, três mulheres integram o grupo e cinco militares são de Mato Grosso do Sul, sendo um deles de Aquidauana.
 
O treinamento é composto por três etapas: Nivelamento (primeira e segunda semana), Exercício Básico de Operações de Paz (segunda semana) e Exercício Avançado de Operações de Paz (última semana), que é conduzido pelo Ccopab (Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil), unidade do Exército Brasileiro, sediada no Rio de Janeiro, cuja missão é apoiar a preparação de militares, policiais e civis brasileiros e de nações amigas para missões de paz e desminagem humanitária.
 
Durante as etapas são realizadas simulações de incidentes para treinar os militares em caso de terremotos, furacões e outros desastres naturais. A tropa também participa de exercícios voltados para controle de distúrbios, uso de armamento não letal, desobstrução de vias e realização de abordagens, além das atividades da Engenharia comuns no Haiti, como perfuração de poços, navegação, lançamento de ponte e outras.
 
Na última semana de treinamento, que começou neste domingo (25), o exercício ganha maior vulto com atividades que envolvem um maior número de figurantes, cenários e viaturas que dão elevado grau de realismo às ações, ocupando ruas e áreas dos municípios.
 
Os exercícios em Aquidauana e Anastácio são realizados com o apoio da Polícia Militar, Policia Civil, Polícia Ambiental, prefeituras de Aquidauana e Anastácio, Universidade Federal de Mato Grosso de Sul, Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul, Corpo de Bombeiros, escolas da rede estadual e municipal e organizações militares do Exército Brasileiro em  Campo Grande, Aquidauana e Jardim.
 
As atividades serão encerradas na quinta-feira (29) e, a partir do dia 12 de novembro, inicia-se o rodízio das tropas com o embarque para o Haiti dos primeiros representantes do 23º Contingente da Braengcoy.

da Redação