Política

Felipe Orro pede a ministro vistorias em barragens de mineração em Corumbá

27/11/2015 10:10


O deputado estadual Felipe Orro (PDT) solicitou via indicação ao ministro de Minas e Energia, Carlos Eduardo de Souza Braga, que sejam feitas vistorias nas barragens de rejeitos de mineração no município de Corumbá. O pedido foi extensivo ao superintendente do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) em Mato Grosso do Sul, Márcio Ferreira Yule, e ao secretário de Estado de Meio Ambiente, Jaime Verruck.
 
A solicitação visa prevenir e impedir desastres socioambientais como o ocorrido no município de Mariana, em Minas Gerais, pela falta de manutenção neste tipo de instalação. As barragens de Corumbá foram consideradas de alto risco pelo Departamento Nacional de Produção Mineral e a medida de Felipe visa a realização de manutenção, contenção e reparos, caso seja constatada a necessidade dos mesmos.
 
Para o deputado e ex-prefeito de Aquidauana, apesar de pequena a probabilidade de Corumbá ser atingida por eventual acidente, os danos assim mesmo seriam terríveis. ?A mera possibilidade de uma ocorrência destas em Corumbá é de tirar o sono. Imaginem aquele tsunami de material poluente se espalhando pelo Pantanal, que é um dos principais biomas deste País e do mundo. Este tipo de acidente não pode ocorrer em local algum, muito menos em um ecossistema tombado como Patrimônio Ambiental da Humanidade pela Unesco?, disse Felipe.
 
O rompimento da Barragem de Fundão, em Minas Gerais, na unidade industrial de Germano, entre as cidades de Mariana e Ouro Preto, provocou uma onda gigante de lama que devastou distritos como o de Bento Rodrigues e deixou dezenas de mortos e desaparecidos. A lama seguiu destruindo peixes e flora aquática do Rio Doce e já atinge o Oceano Atlântico no litoral do Espírito Santo. Praias já estão interditadas e mangues usados para a reprodução de peixes e moluscos sofrem com a poluição. (*Com informações da Assessoria)

da Redação